Atalhos de navegação:

    Cultura     Sítio Trindade tem programação para o público infantil neste domingo Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Cultura

SÍTIO TRINDADE TEM PROGRAMAÇÃO PARA O PÚBLICO INFANTIL NESTE DOMINGO

A programação do Sítio Trindade começa com um evento especial para as crianças. Neste domingo (15), às 18h, será apresentado o espetáculo musical infantil Forroboxote, uma produção do poeta Xico Bizerra. Em seguida, sobe no palco o Trio Super Pop, Flávio Leandro, Flávio José e Geraldo Cardoso "O Matuto de Luxo". Na Sala de Reboco, também no Sítio, às 19h, começa a apresentação do Mandracatu. O Coreto montado no mesmo local recebe a Banda Junina do Maestro Nunes. No palhoção, será apresentando o espetáculo de mamulengos com Mestre Saúba e o Trio de Forró Seu Malaquias. Às 16h30, acontecerá a eliminatória do Concurso de Quadrilhas Infantil.

Para o musical infantil Forroboxote, o compositor Xico Bizerra apresenta um espetáculo inspirado no CD Ser Tão Criança – Cantigas de Roda e do Sertão, com 12 canções inéditas de sua autoria – em parceria com Roberto Cruz, dedicadas às crianças. As músicas são interpretadas por Cristiane Quintas e seis crianças do Coral Infantil Imperial, do Coque. No repertório, canções dos ritmos regionais interioranos, como baiões, xotes, arrasta-pés, xaxados, cocos e sambas-de-Latada, todos com letras simples e com temática infantil, que falam de lua, sol, estrela, chuva e água. As vinhetas que abrem cada uma das faixas buscam resgatar as antigas canções infantis.

"O objetivo do trabalho é disseminar os valores culturais de nossa região entre crianças de faixa etária até 12 anos e promover o intercâmbio da cultura com a educação", explica Xico Bizerra. O CD foi gravado com apoio do Funcultura. A primeira tiragem destinou-se a alunos matriculados no ensino fundamental da rede escolar estadual, de 1ª. A 4ª. Séries, da Região Metropolitana do Recife.

O CD foi gravado no ZRG Estúdios, na Madalena, e teve a participação dos músicos Beto Hortis (Sanfona), Toninho Tavares (Contra-Baixo), Quartinha (Percussão), Apolo Natureza (Violas e Violões), Daniel Coimbra (Cavaquinho), Andrezza Carla (Pandeiro) e Edson Bombinha ('sininhos' nas vinhetas), além do coral infantil mencionado, sob a regência dos Maestros Bruno César e Anaide da Paz, ambos do CEMO. O projeto gráfico – Capa, Encarte - foi desenvolvido por Amanda Mansur, com a participação de Tetê Mansur. Os textos de apresentação do CD foram escritos por Haidée Camelo, Professora de Literatura da Unicap e pelo Jornalista e Crítico Musical Ricardo Anísio, de João Pessoa.

Pátio – A programação no Pátio de São Pedro começa às 18h com Folguedo junino com o Grupo Folclórico de Sertânia. O público poderá conferir, ainda, Mendes e Seu Trio, Sill do Forró, Val Patriota e Raízes do Pajeú e Território Nordestino.

XICO BIZERRA - É Cearense, radicado no Recife desde o início dos anos 70, vem desenvolvendo, a partir de 2000, um trabalho voltado para a valorização da nossa mais autêntica música regional. Sua música vem se revelando moderna e tradicional, simultaneamente, por guardar a essência de seus mestres inspiradores e se atualizar do ponto de vista melódico-musical, incorporando novos instrumentos à sagrada trindade sertaneja formada pela sanfona, zabumba e triângulo.

Desde sua estréia no mundo musical em 2000, Xico se destaca com canções como Mulheres Cantadeiras De Uma Nação Chamada Nordeste (2003) e os Cantadores Da Nação De 'Seu' Luiz (2005). Em 2006, foi a vez do Alma Sanfônica, disco em que, saindo do habitual, o Poeta demonstrou a beleza da sanfona interpretando outros ritmos além do forró, como frevo, choro, samba, blues, bolero, guarânia e até um tango. Já no ano passado, Xico produziu o Baião – Do Reino Encantado Do Novo Exu Às Fronteiras Do Resto Do Mundo e Adjacências, um disco dedicado aos 60 anos do Baião interpretado por cantores da região do Araripe.

Mais de 140 artistas, tanto nordestinos como de outras regiões, gravaram músicas de Xico Bizerra. A música Se Tu Quiser, lançada em 2002, já tem cerca de 60 regravações. Dentre os vários nomes que já interpretaram canções, Marinês, Dominguinhos, Amelinha, Maria Dapaz, Quinteto Violado, Silvério Pessoa, Gerado Maia, Nena Queiroga, Maciel Melo, Flávio José, Santanna, Irah Caldeira, Cristina Amaral, Nádia Maia, Sevy Nascimento, Petrúcio Amorim, Jorge de Altinho, Adelmário Coelho, Arlindo dos 8 Baixos, Chiquinha Gonzaga e Dalva Torres, dentre muitos outros.
Matérias Relacionadas
- Projeto O Solo do Outro inscreve até dia 20 deste mês
- São João leva forró aos arraiais do Recife nesta quinta-feira
- Arrasta-pé anima o Pátio de São Pedro e Sítio da Trindade nesta quarta-feira
- OSR apresenta ópera na série Concertos Noturnos
- PCR lança livro vencedor do Concurso Ensaio sobre o Frevo
- Mostra de Teatro Infantil em cartaz no teatro Hermilo Borba Filho
- Educação Para o Teatro em cartaz na Colônia Z-1
- Escola de Frevo e Orquestra da Bomba do Hemetério se apresenta em Sergipe
- Museu da Cidade abriga exposição do projeto Desafios Urbanos
- Secretário de Cultura abre programação do Cine Design
- Orquestra Sinfônica do Recife apresenta ópera Cavalleria Rusticana
- Prefeitura lança livro sobre Frevo
- Realidade e cotidiano das “Mulheres em V” na ótica da Trupe de Copas
- Feira de artesanato movimenta Universidade Católica
- Grupos de coco e afoxé no palco do projeto Terça Negra
- Cine Design começa nesta segunda
- Público assiste a filmes sobre o ciclo junino no Sítio Trindade
- Teatros municipais apresentam programação de fim de semana
- Cinemas municipais trazem películas internacionais e nacionais na programação
- São João do Recife leva muito forró para o Pátio e Sítio Trindade neste domingo


Enviar    Imprimir