Atalhos de navegação:

    Saúde     Experiência do Laboratório Municipal é apresentada em congresso Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco



RSS lista de noticias O que é isso?




EXPERIÊNCIA DO LABORATÓRIO MUNICIPAL É APRESENTADA EM CONGRESSO

Inaldo Lins
A secretária de saúde participou do debate
A secretária de saúde participou do debate
Referência na área, o Laboratório de Saúde da Prefeitura do Recife foi um dos destaques da abertura do 3º Congresso Norte/Nordeste de Multirresistência Bacteriana, na tarde desta sexta-feira (22), no Centro de Convenções de Pernambuco. Na ocasião, a secretária municipal da pasta, Tereza Campos, apresentou a experiência da unidade, que atua na cobertura, diagnóstico e monitoramento laboratorial de ações da atenção e da vigilância em saúde. As discussões contaram ainda com representantes do Ministério Público e da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária, entre outros. Promovido pela Universidade Federal de Pernambuco e o Laboratório Central do Estado (Lacen), o evento segue até o próximo domingo (24), sempre no auditório Tabocas.

“É extremamente importante que as instituições promovam um intercâmbio permanente de informações sobre suas políticas de gestão de laboratórios de saúde pública. Principalmente pela necessidade de capacitação de profissionais e a realização de parcerias que assegurem o acesso a procedimentos de maior complexidade diagnóstica, como já ocorre no Recife em relação ao Lacen”, apontou Tereza Campos. De maneira geral, a Secretaria de Saúde do Recife encaminha para o Estado os processos ligados à identificação do sorotipo circulante de dengue, HTLV, hepatite C, cólera, sarampo, leptospirose, meningite, Haemophilus influenza, toxicologia e medicamentos.

Contando com cerca de 300 profissionais de todos os níveis, o Laboratório de Saúde do Recife realiza análises da qualidade de alimentos e água para consumo humano, recreação e fontes alternativas, além do diagnóstico das doenças de notificação compulsória, a exemplo de hanseníase e hepatites virais. O estabelecimento cobre ainda os programas prioritários da Secretaria, como tuberculose, filariose, DST/Aids, anemia falciforme e dengue. Em 2007, a unidade realizou mais de dois milhões de exames em áreas como citologia, histologia, bromatologia e patologias clínicas. O laboratório funciona de segunda a sexta, das 6h30 às 18h, no edifício Julião Paulo da Silva (rua Major Codeceira, 194, Santo Amaro).
Matérias Relacionadas
- Conselheiros municipais são capacitados
- Universitários são vacinados contra rubéola
- Vacinação contra rubéola nos jogos do Santa Cruz e Náutico
- Centro médico de Casa Forte ganha nova sala de fisioterapia
- Centro Médico Ermírio de Morais completa 10 anos
- PCR divulga cronograma de coleta da filariose
- Gincana movimenta campanha da rubéola
- Eventos nacionais e internacionais na agenda da Saúde
- Novos servidores da Saúde são capacitados para o Academia da Cidade
- Novos servidores da saúde recebem as boas-vindas
- Prefeitura promove vacinação itinerante contra rubéola
- Recife inicia novas estratégias para vacinação da rubéola
- Enfermeiros e outros profissionais de saúde recebem as boas-vindas
- Famílias recifenses são vacinadas contra pólio e rubéola
- Vacinação da rubéola e pólio é aberta no Gouveia de Barros
- Crianças das creches são vacinadas contra pólio
- Saúde Recife completa um ano e amplia número de beneficiários
- Crianças das creches são vacinadas contra pólio
- Agentes de saúde estimulam o aleitamento materno exclusivo
- Recife monitora vírus da Influenza


Enviar    Imprimir