Atalhos de navegação:

    Cultura     Estréias nacionais brilham na noite desta quarta no 13º FIDR Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Cultura

ESTRÉIAS NACIONAIS BRILHAM NA NOITE DESTA QUARTA NO 13º FIDR

Dois espetáculos estréiam na noite desta quarta (15), durante o 13º Festival Internacional de Dança do Recife. O primeiro é My mother naked, da bailarina carioca Cristina Moura, que na noite desta terça (14), subiu ao palco do FIDR com o premiado Like a idiot. O solo, pela primeira vez apresentado no Brasil, é fruto de uma pesquisa de um ano e meio da bailarina e coreógrafa e usa como ponto de partida o trabalho de fotógrafos como Cindy Sherman, Nan Goldin, Melanie Manchot e Hans Bellmer.

São imagens que estão fora do seu contexto. Criei através das fotos momentos coreográficos, com a exposição da interpretação em cena. Uma brincadeira com o corpo como instrumento diante do público, como ele está na mídia e em outros contextos, explica Cristina. Durante o espetáculo, há um passeio por diversas temáticas levando o corpo a ser repensado e contextualizado. A temática é complexa, mas o nosso corpo é complexo e se coloca em diversas situações no dia a dia que mal se percebe. Vamos buscá-las e explorá-las juntos, comenta Cristina, satisfeita em participar do 13º FIDR.

Estou super feliz de ser o Recife o local a mostrar pela primeira vez My mother naked, que depois deve seguir para o Rio de Janeiro, já finalizado e pronto para apreciação ou reprovação, declara a bailarina. O espetáculo começa às 19h, no Teatro Apolo, no bairro do Recife.

Na mesma noite, às 20h, no Teatro Hermilo Borba Filho, mais um solo inédito chega a público: O Solo do outro – Deserto Aresta, com performance da bailarina Juliana Siqueira, e direção e concepção de Cláudio Lacerda. O espetáculo tem como inspiração para a sua criação a arquitetura desconstrutivista como o trabalho do arquiteto canadense Frank Gehry, buscando a ruptura do sujeito com a contemporaneidade.

O processo entre estudo e concepção foi curto mas intenso, cerca de dois meses, com busca em trabalhos de diferentes artistas como as obras de Edgar Alan Poe, comenta Lacerda, que está mostrando pela primeira vez este trabalho e escolheu o 13º FIRD como estréia. O festival é o local ideal para sentir a resposta do público ao resultado. Será uma pré-estréia informal, já que poucos sabem que é a primeira exibição, brinca.

Dança falada - Para discutir sobre dança, trocar idéias ou mesmo opinar e sobre as apresentações com os artistas que se apresentaram na noite anterior, continua, a partir das 16h, o Dança Falada / Chá com Arte, que hoje será com a bailarina Cristina Moura, que está com dois espetáculos no festival (Like a Idiot and My Mother Naked).

O 13º FIDR é uma realização da Prefeitura do Recife, através da Secretaria de Cultura e Fundação de Cultura, com apresentação e patrocínio da Petrobras, Itaú Cultural e Ministério da Cultura, por intermédio da Lei Rouanet.

Matérias Relacionadas
- Dança local em foco no 13º FIDR
- Prefeito e ministro participam de lançamento nacional
- 13o FIDR traz grandes espetáculos nesta terça
- Bibliotecas municipais exibem drama e animação
- PCR realiza concurso de fomento à produção de artes cênicas
- Terça Negra realiza segunda eliminatória da Batalha de MCs
- Barreto Júnior exibe peça sobre mal de Alzheimer
- Festival Música Recife agita fim de semana no Arsenal
- Crianças se divertem no Museu da Cidade
- Sábados de bons espetáculos no 13º Festival de Dança do Recife
- Domingo é das crianças no 13º Festival de Dança 2008
- Diversidade marca a segunda noite do 13º Festival de Dança
- História de Pingos e Chuva na Refinaria do Sítio
- Feirinhas da PCR animam bairros do Recife
- Festival leva rock à praça do Arsenal no domingo
- Mevinha Queiroga anima servidores na PCR
- Aberto oficialmente o XIII Festival Internacional de Dança do Recife
- 7º Encontro Regional da RSD é aberto na Fundaj
- Museu da Cidade comemora o Dia das Crianças
- Oficina de Artes Reprodutíveis inscreve até hoje


Enviar    Imprimir