Atalhos de navegação:

    Direitos Humanos e Segurança Cidadã     Prefeitura promove debate sobre Direitos Humanos com jovens Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Direitos Humanos e Segurança Cidadã

PREFEITURA PROMOVE DEBATE SOBRE DIREITOS HUMANOS COM JOVENS

Antônio Tenório
Debate foi realizado no Alto Santa Terezinha
Debate foi realizado no Alto Santa Terezinha

Alusiva às comemorações dos 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Direitos Humanos e Segurança Cidadã (SDHSC), realizou um debate sobre o tema, na tarde desta quarta-feira (3), no Centro Social Urbano Afrânio Godoy, no Alto de Santa Terezinha. A atividade fora voltada para pessoas ligadas ao Programa Agente Jovem, quando foi exibido um vídeo da professora Rondinalva Andrade, que abordou os 20 anos da atual Constituição Federal (promulgada em 1988). “Estamos aqui para fazer com que as pessoas, em especial os jovens, entendam a necessidade de conhecer os deveres e os direitos de todos, na construção da cidadania plena”, justificou o titular da gerência de Juventude da SDHSC, Tiago Carvalho, que proferiu a palestra antes de dar início ao debate com os participantes.

Após apresentar a Declaração Universal dos Direitos Humanos, com slides que ilustravam com fotografias históricas e atuais sobre o tema os 30 artigos do documento, Tiago Carvalho abriu a palavra ao público. Por sinal, não apenas jovens participaram desta atividade, mas também alguns idosos que freqüentam aquele Centro Social Urbano e que solicitaram estar presentes ao evento. “Direitos Humanos diz respeito a toda e qualquer pessoa, independentemente da faixa de idade”, defendeu o gerente da Juventude.

Para quem assistiu ao vídeo e às palestras, o tema agradou e foi muito bem-vindo. “Eu acho bom esse tipo de atividade porque a gente aprende mais sobre direitos humanos e até serve para passar o assunto adiante, ou seja, ensinar as outras pessoas”, defendeu a estudante Juliete Conceição, 17 anos, que cursa o 1º ano da Escola Municipal Rosa Magalhães, naquela comunidade. A sua colega de turma, Joice Botelho, 16 anos, acredita na força do conhecimento de causa para transformar a situação de uma pessoa; de um cidadão. “Pra mim foi importante porque poucas pessoas conhecem sobre direitos humanos. Quanto mais a gente souber sobre o assunto, melhor”, declarou.

A orientadora social do Agente Jovem do Centro Social Urbano Afrânio Godoy, Alcilene Bartolomeu, comentou que a assimilação e o interesse dos participantes do programa municipal, a respeito dos direitos humanos, vem sendo gradativamente edificado. “Os estudantes começaram a analisar a questão dos Direitos Humanos com mais interesse e buscando entender as razões que levam as pessoas a defender a sua cidadania”, concluiu.
Matérias Relacionadas
- Presidente Lula lança Projeto Território de Paz em Santo Amaro
- Recife sedia encontro internacional de combate ao turismo sexual
- Voluntariado participa de espetáculo de dança com crianças do Chié
- Seminário Internacional discute exploração sexual de crianças e adolescentes
- Identidade Cidadã beneficia moradores dos Coelhos
- Voluntariado promove oficina de pintura em creche do Pina
- Prefeito em exercício prestigia seminário de Direitos Humanos
- PCR realiza III Semana de Cultura de Campo Grande
- Voluntários passeiam de Catamarã pelo Capibaribe
- Seminário avalia trabalho de erradicação do trabalho infantil
- Prefeitura comemora Dia Internacional do Voluntariado
- PCR comemora luta pelo fim da violência contra a mulher
- Ação do Pronasci beneficia comunidade de Santo Amaro
- Prefeito prestigia exposição sobre Direitos Humanos
- Creche Comunitária recebe doação de equipamentos
- PCR e Pronasci inscrevem para curso de Tecnologia e Cidadania
- Dia da Consciência Negra é comemorado na PCR
- Creches comunitárias recebem doação da ABCC
- Seminário na Unicap marca celebrações pelo Mês da Consciência Negra
- Evento da PCR debate Direitos Humanos e Igualdade Racial


Enviar    Imprimir