Atalhos de navegação:

    Direitos Humanos e Segurança Cidadã     Doulas voluntárias são homenageadas pela PCR Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Direitos Humanos e Segurança Cidadã

DOULAS VOLUNTÁRIAS SÃO HOMENAGEADAS PELA PCR

Antônio Tenório
Doulas trabalham nas maternidades do Recife
Doulas trabalham nas maternidades do Recife
Antônio Tenório
Profissionais foram homenageadas nesta tarde (05)
Profissionais foram homenageadas nesta tarde (05)

Em reconhecimento ao trabalho de dedicação e carinho que prestam às mães que estão dando à luz, as doulas voluntárias que trabalham nas maternidades da rede municipal foram homenageadas pela Prefeitura do Recife, por meio da Diretoria do Voluntariado, na tarde desta sexta-feira (05), na maternidade Arnaldo Marques, no bairro do Ibura. A iniciativa faz parte das ações realizadas pela diretoria dentro das comemorações alusivas ao Dia Internacional do Voluntariado, celebrado nesta mesma data.

As doulas que trabalham nas maternidades públicas do Recife têm a função de prestar um suporte emocional às mulheres antes, durante e após o parto. A iniciativa resgata a oportunidade de a mulher sentir prazer durante o parto, dando-lhe mais conforto e segurança. Além disso, elas têm um papel importante na promoção do parto humanizado, natural, ajudando a diminuir a ocorrência das cesárias desde que começaram a atuar. A diretora do Voluntariado da Prefeitura do Recife, Gabriela Cordeiro, ressalta que esse trabalho tem sido essencial dentro do quadro do voluntariado na gestão. “A importância da doula na maternidade pública é que ela construiu uma relação com as pacientes que muitos médicos não conseguem. A doula dá conforto, carinho, atenção e consegue diminuir as dores do parto. É um exemplo de dedicação”, explicou Gabriela.

O primeiro momento do encontro entre as doulas foi uma reunião para que elas avaliassem os pontos positivos do trabalho desenvolvido desde a implantação do projeto naquela maternidade. A coordenadora das Doulas da Maternidade Arnaldo Marques, Graça Laet, destacou que entre materiais e cursos oferecidos para as voluntárias, a melhor resposta que se poderia dar a elas foi o reconhecimento da equipe do hospital ao seu trabalho. “No início, quando foi implantado o projeto, existia uma certa resistência de muitos funcionários. Hoje em dia, a presença das doulas é até cobrada. Temos muito o que comemorar com isso. Desde que surgiu esse programa aqui, essa maternidade não é mais a mesma”, avaliou Graça. Ela também não escondeu a expectativa de que o trabalho obtenha cada vez mais êxito nos próximos anos.

Uma das doulas, Lucineide Amaral, entregou uma mensagem às colegas. O texto, uma espécie de parábola, falava sobre amor, perdão e amizade como valores essenciais para se disseminar o bem. Lucineide, que faz parte do voluntariado desde julho, trabalhando na maternidade Arnaldo Marques, falou que a principal qualidade de uma doula é o desprendimento e o amor. “O que procuramos é servir. E servir num momento que a mais mulher precisa. E também o prazer de me doar para ajudá-la nesse momento tão importante. Ser voluntária por amor”, falou. Ela disse também o prazer que sentirá em comemorar seu aniversário, na próxima semana, na maternidade, atuando como doula. “É mais um presente que Deus me deu: poder comemorar mais um ano de vida aqui, dando amor e carinho”, confessou Lucineide.

O momento seguinte foi uma bela confraternização, onde elas realizaram uma troca de presentes e mensagens, além de receber cestas com lembranças e panetones e um agradecimento todo especial da gerente administrativa da Maternidade, Ivanise Souza, que lembrou o quanto elas têm contribuído muito com o dia-a-dia da unidade, realizando um trabalho sensível e significativo. “É o caminho e o amor com o qual elas desempenham esse trabalho que não temos condições de mensurar e conseguir agradecer. A palavra-chave delas é o amor e carinho”, falou Ivanize, que também lembrou a coincidência dessa homenagem no Dia Internacional do Voluntariado. “O mês de dezembro não foi escolhido à toa como dia do voluntariado. É um mês de reflexão, de confraternização e o trabalho de vocês quer dizer muito sobre o que Jesus Cristo quis passar pra nós sobre amor”, agradeceu.

Matérias Relacionadas
- Identidade Cidadã chega ao Córrego da Areia
- Cartilha de enfrentamento à violência contra idosos é lançada pela Prefeitura
- Voluntários da PCR visitam o Jardim Botânico
- PCR lança cartilha sobre os Direitos da Pessoa Idosa
- Prefeitura promove debate sobre Direitos Humanos com jovens
- Presidente Lula lança Projeto Território de Paz em Santo Amaro
- Recife sedia encontro internacional de combate ao turismo sexual
- Voluntariado participa de espetáculo de dança com crianças do Chié
- Seminário Internacional discute exploração sexual de crianças e adolescentes
- Identidade Cidadã beneficia moradores dos Coelhos
- Voluntariado promove oficina de pintura em creche do Pina
- Prefeito em exercício prestigia seminário de Direitos Humanos
- PCR realiza III Semana de Cultura de Campo Grande
- Voluntários passeiam de Catamarã pelo Capibaribe
- Seminário avalia trabalho de erradicação do trabalho infantil
- Prefeitura comemora Dia Internacional do Voluntariado
- PCR comemora luta pelo fim da violência contra a mulher
- Ação do Pronasci beneficia comunidade de Santo Amaro
- Prefeito prestigia exposição sobre Direitos Humanos
- Creche Comunitária recebe doação de equipamentos


Enviar    Imprimir