Atalhos de navegação:

    Cultura     Atrações musicais sacudiram o público no Marco Zero Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Cultura

ATRAÇÕES MUSICAIS SACUDIRAM O PÚBLICO NO MARCO ZERO

Lú Streithorst
Lia de Itamaracá foi uma das mais esperadas
Lia de Itamaracá foi uma das mais esperadas
Lú Streithorst
Josildo Sá levantou o público
Josildo Sá levantou o público

Pouco depois de encerrada a apresentação do Baile do Menino Deus tiveram início as atrações musicais da noite natalina no Marco Zero. A novidade ficou por conta do grupo Korin Orishá que é composto por três instrumentos de corda (violino, viola e violoncelo), dois de sopro (flauta e clarineta), percussão (atabaques) do candomblé e canto. Os cânticos, interpretados pela vocalista Anastácia Rodrigues e José Amaro (que é professor universitário) apresentaram ao público textos cantados em língua yorubá arcaica, herança africana oriunda das pessoas que vieram do continente africano.

“A prefeitura, com a mentalidade cultural que tem hoje, abraça todas as manifestações que existem na cidade. Antes, muitos artistas ou atrações locais queriam mostrar alguma coisa, mas não podiam. A nossa apresentação, por exemplo, nada tem a ver com a cultura judaico-cristã (que está inserida no ciclo natalino). Mas é viva, alegre, de origem africana, e por que não este tipo de espetáculo?”, defendeu o professor José Amaro. Esta foi a primeira vez que o grupo apresentou-se no dia de Natal, no Marco Zero.

Apesar de um trabalho qualitativo e contemplativo do Korin Orishá, quem levantou o público mesmo foi a lendária cirandeira Lia de Itamaracá. Com sua elegância e seu ritmo que é uma marca registrada, ela subiu ao palco sendo saudada calorosamente pelos presentes, que formou várias rodas para dançar e cantar suas mais conhecidas canções. “É uma sensação maravilhosa poder cantar para o público nessa noite de Natal”, declarou, ainda nos camarins. “Agora o meu ciclo de festividades do Recife está fechado”, brincou, referindo-se ao fato de “estrear” no Marco Zero, no dia de Natal (25), e de já ter cantado em outras ocasiões festivas como Carnaval e São João.

“Ela é maravilhosa e gosto muito de Lia de Itamaracá. Admito que sou seu fã e fiquei aqui até essa hora só para vê-la”, revelou o estudante Felipe Almeida, 22 anos. À meia-noite o público foi saudado por um show pirotécnico de fogos que foram acesos no Parque das Esculturas. Depois de muita luz e estrondos no ar, subiu ao palco a última atração do Marco Zero. Coube ao forrozeiro Josildo Sá o desfecho do Natal. “É a primeira vez que me apresento no dia de Natal aqui no Marco Zero e isso coroa um ano promissor para minha carreira, como este de 2008. A prefeitura está me proporcionando um presente divino”, agradeceu.  

Matérias Relacionadas
- Sítio Trindade contou com bons shows neste domingo
- Mamulengos alegram a Praça do Arsenal
- Noite de domingo animada no Marco Zero
- A Chegança de Marujos no Sítio Trindade
- Outras atrações garantiram a festa no Nascedouro de Peixinhos
- Baile do Menino Deus lota Praça do Marco Zero na noite de Natal
- Pólo do Nascedouro brinda o Natal com música e lazer para a família
- Baile do Menino Deus e Noite da Rabeca encantam o Marco Zero
- Véspera de Natal agita pólo de Brasília Teimosa
- Festa de Natal da UR 1 reúne muita cultura, forró e brega
- Natal do Recife terá shows em 5 pólos
- Dança dos Arcos e Baile do Menino Deus na programação natalina desta terça
- Terça Negra apresenta grupos da Casa de Xambá
- Inscrições para escolha do Rei Momo e Rainha do Carnaval 2009 estão abertas
- PCR inscreve para concurso de Porta-Estandartes, Mestres-Sala e Porta-Bandeiras
- Prefeitura abre inscrições para Concurso de Passistas do Carnaval 2009
- Casa do Carnaval lança exposição sobre os homenageados do Natal 2008
- Carnaval do Recife agita a avenida Paulista neste domingo
- PCR leva corais para as ruas do Recife
- Prefeitura lança coletânea de contos natalinos


Enviar    Imprimir