Atalhos de navegação:

    Saúde     Recife qualifica profissionais que trabalham com saúde da mulher Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Saúde

RECIFE QUALIFICA PROFISSIONAIS QUE TRABALHAM COM SAÚDE DA MULHER

A Prefeitura do Recife organizou uma série de atividades durante esta semana para qualificar profissionais e voluntárias que trabalham com a saúde da mulher. A programação é alusiva ao Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna e Dia Mundial de Ação pela Saúde da Mulher, celebrados em 28 de maio. Nesta quarta-feira (27), a Secretaria Municipal de Saúde apresenta a política de redução de danos para as 60 doulas que atuam nas maternidades municipais.

A palestra será das 8h ao meio-dia, na Faculdade Boa Viagem/Imip (rua Jean Emille Favre, 422, Ipsep, bloco 9). O objetivo é explicar como funciona o trabalho de promoção do Recife para minimizar os efeitos negativos do consumo de álcool e outras drogas dos usuários atendidos na rede municipal.

“A intenção é orientar as doulas sobre as políticas e as ações do município, tendo em vista que elas são elo entre a comunidade e o serviço de saúde. Como algumas parturientes que dão entrada nas maternidades são usuárias de álcool e drogas, é preciso que as doulas estejam preparadas para esta assistência”, explica a gerente de Atenção à Saúde da Mulher, Benita Spinelli.

No mesmo dia à tarde, das 14h às 17h, médicos e enfermeiras do Programa de Saúde da Família do município passarão por um treinamento na Faculdade Boa Viagem sobre abordagem frente ao choque anafilático. A finalidade é introduzir o uso da penicilina nos PSFs, conforme recomendação do Ministério da Saúde. Para isso, o município adquiriu, no final de 2008, 150 kits de emergência num custo aproximado de R$ 190 mil.

“O treinamento vai permitir que os profissionais possam tratar as gestantes e os seus parceiros que foram diagnosticados com sífilis, reduzindo os casos de sífilis congênita nos bebês”, diz Benita. A capacitação se repete na quinta (28) e na sexta (29), das 8h ao meio-dia e das 14h às 17h. Em torno de 300 profissionais do PSF serão capacitados.

A grande preocupação do ministério e dos órgãos que trabalham com a temática DST/Aids é com a sífilis congênita, forma da doença que passa da mãe infectada para o bebê durante a gestação, podendo causar abortamento, morte ou má formação do bebê.

Novas doulas – Nos dias 3, 4 e 5, a Prefeitura realiza o 13º curso de formação de novas doulas. Quarenta e cinco mulheres selecionadas pela Diretoria do Voluntariado participarão de aulas teóricas sobre gestação, funcionamento do SUS, ética profissional, importância da humanização do parto, amamentação, exercícios de respiração, entre outros assuntos. O curso será realizado, de 8h ao meio-dia e 14h às 17h30, no SOS Corpo Instituto Feminista para Democracia (rua Real da Torre, 593, Madalena). Ao final do treinamento, que ainda contará com aulas práticas nas maternidades, as voluntárias receberão fardamento, passagem e alimentação nos dias de plantão.

O Programa Doula Comunitária Voluntária tem como objetivo promover a humanização da assistência ao trabalho de parto e puerpério imediato, com estímulo ao nascimento normal e ao aleitamento materno. A palavra doula tem origem grega e significa “mulher que serve”. A doula serve de elo entre a parturiente, os profissionais e os familiares, dando apoio emocional às gestantes e proporcionando conforto físico ao segurar a mão das futuras mães, massagear suas costas, encaminhá-las ao banho, ajudá-las a encontrar posições mais confortáveis para o trabalho de parto e mostrar formas eficientes de respiração.

Matérias Relacionadas
- Municípios do Grande Recife elaboram proposta de rede de urgência integrada
- Recife ultrapassa meta e continua vacinando idosos
- Saúde apreende laticínios no Mercado de Casa Amarela
- Comerciantes de alimentos participam de capacitação promovida pela PCR
- Prefeitura orienta comerciantes sobre manuseio de alimentos
- Combate às hepatites virais tem campanha apoiada pela PCR
- Caminhada pela Luta Antimanicomial conta com participação da PCR
- Recife conta com 17 CAPS, sendo 11 para transtornos mentais
- PCR participa da caminhada pela Luta Antimanicomial
- Feira de serviços da PCR contempla catadores de sururu na Imbiribeira
- Vigilância Sanitária fiscaliza Feira de Tatuagem
- Técnicos do MS discutem modernização do Samu-Recife
- Caminhada contra a dengue mobiliza crianças de escola municipal
- PCR apóia campanha de combate às hepatites virais
- Comunidade da Imbiribeira recebe serviços de saúde
- Estudantes participam de caminhada contra a Dengue
- Moradoras da Vila São Miguel recebem dicas para uma vida mais saudável
- Ministério vem a Recife discutir projeto de modernização do Samu
- Saúde orienta medidas de prevenção da conjuntivite
- Fórum discute adoção de práticas saudáveis em Vila São Miguel


Enviar    Imprimir