Atalhos de navegação:

    Saúde     Dia Mundial Sem Tabaco é comemorado no Parque Dois Irmãos Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Saúde

DIA MUNDIAL SEM TABACO É COMEMORADO NO PARQUE DOIS IRMÃOS

Lú Streithorst
Prefeitura do Recife promoveu uma ação educativa
Prefeitura do Recife promoveu uma ação educativa
Lú Streithorst
Ação ocorreu no Horto de Dois Irmãos
Ação ocorreu no Horto de Dois Irmãos

No Dia Mundial Sem Tabaco (31 de maio), a Prefeitura do Recife promoveu uma ação educativa em parceria com o Horto de Dois Irmãos neste domingo, para advertir crianças e familiares sobre os riscos do ato de fumar e da fumaça ambiental do tabaco. Durante o dia, foram promovidas mini-palestras e elaboração de cartazes alusivos à data junto com os pequenos. Eles ganharam ainda mudas de pau-brasil, símbolo do país, produzidas pelo zoológico como forma de incentivar o replantio de árvores derrubadas para dar espaço às plantações fumígeras. A atividade também faz parte das comemorações da Semana do Meio Ambiente do zoológico.
 
Não gosto de cigarro porque dá câncer. Aprendi na escola e vendo televisão. Minha mãe fuma de vez em quando e já falei para ela parar. Não pretendo fumar, pois faz mal”, disse Adyna Tainá Pessoa, 9 anos, moradora do Alto de Santa Isabel. Ela fez parte do primeiro grupo de crianças que participou da mini-palestra ministrada pela coordenadora de Controle de Tabagismo e Outros Fatores de Risco de Câncer da Prefeitura, Maristela Menezes. Mesclando fotos, histórias em quadrinhos e informações técnicas, ela falou sobre os riscos do tabagismo para o meio ambiente.
 
Nos últimos anos, a Prefeitura do Recife vem participando ativamente das ações relativas ao Dia Mundial Sem Tabaco. É uma forma de realizar novas abordagens com públicos diferenciados, reforçando o compromisso do município com a promoção da saúde e melhoria de qualidade de vida da população. O cigarro possui 4.720 substâncias químicas que fazem mal à saúde e o consumo do produto é considerada isoladamente a maior causa de morte evitável no mundo, enquanto que o tabagismo passivo responde pela terceira colocação. Alertar as pessoas sobre os verdadeiros riscos do tabagismo é fundamental para estimular os fumantes a pararem de fumar e evitar que crianças e jovens se tornem dependentes da nicotina”, destacou Maristela.
 
Já na entrada do parque, pela manhã, os visitantes foram recebidos por alunos da Escola Municipal da Iputinga, que apresentaram números de dança e repassaram informações sobre a cultura indígena. A criançada e seus responsáveis puderam se divertir em oficinas de jogos e brincadeiras populares, comandadas por animadores culturais da Prefeitura. Outro destaque foi a apresentação do grupo Saúde e Arte, formado por Adolescentes Educadores em Saúde (Aesa), jovens voluntários do Distrito Sanitário III da Secretaria Municipal de Saúde. Fechando as atrações, estudantes da Escola Municipal Novo Pina dançaram maracatu, mostrando de forma lúdica que não fumar pode trazer benefícios para a qualidade de vida das pessoas. Técnicos, usuários e ex-usuários do Centro de Atenção Psicossocial para Tratamento de Álcool, Fumo e Outras Drogas (CAPSad) Vicente Araújo desfilaram com coletes-painéis produzidos por eles mesmos sobre os males do fumo.
 
Este ano, firmamos uma parceria com a Secretaria de Saúde do Recife para alertar os freqüentadores do parque a respeito dos malefícios que a produção do tabaco e o tabagismo de uma maneira geral causa ao meio ambiente. É uma forma de discutir questões importantes relativas à saúde e ao meio ambiente”, disse a coordenadora técnico-científica da Divisão de Medicina Veterinária e Biologia do Parque Dois Irmãos, Fernanda Marvulo.
 
Ela lembra que, em janeiro deste ano, um incêndio destruiu cerca de cinco hectares da Mata de Dois Irmãos e uma das causas possíveis foi uma bituca de cigarro atirada de veículos trafegando pela rodovia nas proximidades, na Guabiraba. O caso engrossa as estatísticas do Ministério da Saúde, as quais indicam que 35% dos incêndios de área rural e urbana são devidos a pontas de cigarros. Este ano, a Organização Mundial de Saúde (OMS) definiu como tema das comemorações do 31 de maio “Mostre a verdade. Advertências sanitárias salvam vidas”.
 
Programação – Durante esta semana, a Prefeitura promoverá outras ações alusivas ao Dia Mundial Sem Tabaco. Nesta segunda (1º), entre 10h30 e meio-dia, serão contemplados estudantes e profissionais da Faculdade de Odontologia (FOP/UPE). No dia 4, do meio-dia às 13h, o trabalho será com alunos, funcionários e corpo docente da Escola Superior de Educação Física (Esef). Nas duas ocasiões, serão realizadas atividades educativas relacionadas à implantação de Ambientes Livres do Fumo.
 
Mais conhecida como Praça do Hipódromo, a Praça Tertuliano Barbosa receberá técnicos e usuários do CAPSad Vicente Araújo no dia 3 de junho. Das 9h30 às 10h30 e das 15h às 16h, eles vão orientar a população e entregar material explicativo sobre o controle do tabagismo aos passantes. No dia 10, entre 16h e 17h, funcionários da Central de Distribuição do Grupo Pão de Açúcar, na Imbiribeira, assistirão á palestra Ambientes Livres de Fumo, Direito de Todos! Também como parte da programação municipal, agentes de Vigilância Ambiental farão panfletagem e afixarão cartazes em unidades de saúde do Distrito Sanitário V.
 

Matérias Relacionadas
- CPTRA comemora Dia Mundial Sem Tabaco
- Ação no Horto marca Dia Mundial Sem Fumar neste domingo (31)
- Pediatras participam de café da manhã sobre dengue
- Feira de saúde movimenta UR-4 e UR-5 nesta sexta
- Recife continua vacinando idosos até esta sexta
- Recife prepara programação especial para marcar Dia Mundial Sem Tabaco
- CAPS Davi Capistrano comemora cinco anos com debates e festa
- Vigilância Sanitária chama atenção para a venda de carne vermelha
- Prefeitura promove palestras em evento de saúde do Exército
- Jornada celebra cinco anos do CAPS David Capistrano
- Recife qualifica profissionais que trabalham com saúde da mulher
- Municípios do Grande Recife elaboram proposta de rede de urgência integrada
- Recife ultrapassa meta e continua vacinando idosos
- Saúde apreende laticínios no Mercado de Casa Amarela
- Comerciantes de alimentos participam de capacitação promovida pela PCR
- Prefeitura orienta comerciantes sobre manuseio de alimentos
- Combate às hepatites virais tem campanha apoiada pela PCR
- Caminhada pela Luta Antimanicomial conta com participação da PCR
- Recife conta com 17 CAPS, sendo 11 para transtornos mentais
- PCR participa da caminhada pela Luta Antimanicomial


Enviar    Imprimir