Atalhos de navegação:

    Saúde     Anemia falciforme em mulheres é discutida no Recife Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Saúde

ANEMIA FALCIFORME EM MULHERES É DISCUTIDA NO RECIFE
19:15 Quinta-feira, 18 de Junho de 2009

Irandi Souza
Encontro ocorreu nesta quinta-feira (18)
Encontro ocorreu nesta quinta-feira (18)

De maior ocorrência em afrodescendentes, a anemia falciforme foi amplamente discutida nesta quinta-feira (18), em evento nacional que reuniu, no Recife, aproximadamente 40 mulheres com a doença vindas de várias partes do País. O encontro foi uma parceria entre Ministério da Saúde e Governo do Estado, entre outras instituições, e aconteceu no Hotel Jangadeiro, em Boa Viagem. A Prefeitura do Recife esteve presente como apoiadora e na coordenação de uma das mesas de discussão.

“Abrimos as atividades com o resgate do processo histórico das mulheres negras até chegarmos às atuais questões de gênero e étnicas. Depois, abordamos a saúde reprodutiva da mulher com doença falciforme, contemplando todas as etapas do processo, da gestação ao climatério”, apontou a gerente de Atenção à Saúde da População Negra do Recife, Miranete Arruda.

Segundo a gestora, as conclusões conseguidas ao longo do encontro serão compiladas em um documento endereçado ao Ministério da Saúde e demais gestores nos âmbitos estadual e municipal. “Debatemos o que queremos para o Sistema Único de Saúde e a melhoria na sua capacidade de diagnóstico e no atendimento de qualidade e com acolhimento humanitário. Antes, pessoas com anemia falciforme morriam cedo, realidade que começou a ser modificada com a implantação de iniciativas como a disponibilização do teste do pezinho, que identifica precocemente a doença”, acrescentou.

Políticas - O Programa Municipal de Anemia Falciforme foi instituído em 2001 e, desde então, com a implantação do Programa de Atenção à Saúde da População Negra, em 2006, vem trabalhando com o intuito de diagnosticar precocemente e acompanhar os casos que chegam à rede de saúde do Recife. A prefeitura oferece, nas três maternidades do município, o teste do pezinho. Por sua vez, o Laboratório Municipal de Saúde Pública realiza o exame de eletroforese da hemoglobina, capaz de identificar a hemácia falciforme.

Além dessas ações, a Saúde do Recife oferece assistência especializada nos laboratórios de hematologia das policlínicas Albert Sabin, Lessa de Andrade e Agamenon Magalhães. A assistência se traduz em aconselhamento genético para pessoas que têm comprometimento parcial de hemoglobina, mas não desenvolve a doença. “Ele serve para orientar os portadores de traço falciforme sobre o futuro reprodutivo, já que os filhos podem nascer com a doença, caso o pai e a mãe apresentem o gene falciforme”, explica Miranete.

Números – De acordo com o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizado em 2000, 54% da população do Recife é formada por pessoas negras e pardas. Em Pernambuco, o índice é 57% e, no âmbito nacional, o número cai para 45%. Os dados alertam para a importância da atenção dispensada às enfermidades mais freqüentes entre a raça negra, como a anemia falciforme. 

Hereditária e genética, a doença é causada por anormalidade na hemoglobina dos glóbulos vermelhos do sangue, responsáveis pelo transporte de oxigênio para os tecidos. As hemácias têm o seu formato modificado, assemelhando-se a uma ‘foice’, e nem sempre conseguem passar através de pequenos vasos, bloqueando-os e impedindo a circulação sanguínea nas áreas ao redor.

Matérias Relacionadas
- Encontro discute doença falciforme em mulheres
- Academia da Cidade trabalha ritmos juninos
- Secretário de Saúde do Recife assume diretoria do Conasems
- São João no CAPS Galdino Loreto
- Negociações entre PCR e odontólogos terminam greve
- PCR participa de audiência pública sobre dengue
- PCR fecha acordo com enfermeiros e greve termina
- Vigilância alerta para validade dos alimentos
- Vigilância realiza plantão no Sítio Trindade neste fim de semana
- Prefeito firma documento de valorização do trabalho médico
- Vigilância apreende mercadorias fora de validade
- Médicos da Prefeitura terminam paralisação
- Vigilância orienta consumidores e comerciantes no jogo da Seleção
- Vigilância Sanitária realiza plantão no Sítio Trindade
- Prefeitura reforça importância do teste do pezinho
- PCR realiza 13º Curso de Formação para Doula Comunitária Voluntária
- Saúde ambiental é tema de seminário para profissionais da área
- PCR realiza curso para Doula Comunitária
- Seminário promove atualização de agentes de saúde ambiental
- PCR promove ação contra o tabagismo na Praça do Hipódromo


Enviar    Imprimir