Atalhos de navegação:

    Saúde     Estratégias da PCR reduzem números da dengue no Recife em 94% Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Saúde

ESTRATÉGIAS DA PCR REDUZEM NÚMEROS DA DENGUE NO RECIFE EM 94%
00:00 Quinta-feira, 2 de Julho de 2009

Luciano Ferreira
Coletiva aconteceu hoje pela manhã
Coletiva aconteceu hoje pela manhã
Luciano Ferreira
Funcionários dos Correios também participam da ação
Funcionários dos Correios também participam da ação

ARQUIVOS
Informações Complementares

Levantamento feito pela Prefeitura do Recife indica que o número de notificações de dengue de janeiro a junho deste ano (981) caiu 85% em relação ao mesmo período de 2008 (6.941). Já os casos confirmados apresentaram uma queda maior: diminuíram 94%, passando de 2.807 (2008) para 166 (2009). Os bons índices e as novas ações de enfrentamento da doença foram apresentados na manhã desta quinta-feira (02), no Recife Praia Hotel, em Boa Viagem. O evento contou com a presença de secretários, assessores executivos e servidores municipais, além de representantes das Forças Armadas, Corpo de Bombeiros, Correios, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

“A redução é fruto de um trabalho empreendido pela Prefeitura nos últimos meses para reduzir os riscos de adoecimento. No entanto, não se pode relaxar em relação à dengue, especialmente neste período do ano, em que costumam aumentar os casos da doença. No Recife, a época em que ocorre uma ampliação na quantidade de ocorrências corresponde aos meses de abril a julho, podendo se estender para além do início do segundo semestre. Por isso, estamos lançando novas estratégias e reforçando as antigas para barrar a proliferação do mosquito transmissor da doença e conscientizar ainda mais a população sobre o problema, que já é uma questão de saúde pública”, afirma o secretário Gustavo Couto.

Dentro do novo cronograma de ações, a primeira grande atividade do Município foi realizada no início da tarde desta quinta-feira (02), quando Prefeitura do Recife e Correios iniciaram um trabalho educativo. Tendo como ponto de partida a Central de Distribuição do Bongi, 53 carteiros entregaram, além das tradicionais correspondências, folderes com orientações sobre a dengue. O grupo também utilizava braçadeiras alusivas à campanha ‘Todos juntos, todos os dias contra a dengue', material que, durante o mês de julho, fará parte do fardamento dos 1.000 profissionais que atuam no órgão no Recife.

“Como entidade cidadã, não podemos deixar de abraçar a causa de combate à dengue. A campanha educativa é importante para orientar a população sobre os riscos. Como parceira de longa data da Prefeitura, estamos fazendo a nossa parte para evitar o aumento de casos e até a ocorrência de mortes”, disse o diretor regional dos Correios, Pedro Mota. Carteiro há sete anos, Gregório Walmir afirmou que já está engajado na campanha. “A prevenção é importante e deve ser feita em casa constantemente. Evito recipientes com água parada e não deixo pneus nem latas vazias em casa”, apontou.

Ainda nesta quinta, a Secretaria Municipal de Saúde e o Shopping Boa Vista realizaram o Dia D de Combate à Dengue. Na parte da manhã, agentes de saúde ambiental estiveram na praça de eventos do centro de compras dando orientações à população sobre os cuidados para evitar a proliferação do mosquito, tais como não acumular água em locais indevidos e a maneira correta de acondicionar o lixo. Também houve distribuição de material educativo e exposição com os estágios de desenvolvimento do Aedes aegypti.

Produção - Esta semana, a Secretaria de Saúde entregará material para as reeducandas da Colônia Penal Feminina confeccionarem 2.000 capas de reservatório. As peças vão ser entregues nas áreas de maior risco para a doença. A gestão também repassou cartazes para a Caixa Econômica Federal, que os afixará nas agências bancárias e casas lotéricas da Capital. As peças gráficas orientam a população sobre os cuidados na eliminação dos focos e a importância da hidratação oral para os casos suspeitos de dengue. Os mesmos itens estarão disponíveis nas unidades de saúde da rede municipal.

Como forma de ampliar o alcance do combate à doença no Recife, a administração municipal também realizará diversas atividades pela capital durante todo o mês de julho. Entre as iniciativas, estão mutirões nas áreas de risco para identificação e eliminação dos criadouros do mosquito, gincana ecológica, palestras, reuniões com a comunidade, exposições sobre ciclo evolutivo do mosquito da dengue, panfletagem e entrega de sacos de lixo e material educativo da campanha.

No dia 9 de julho, a Vigilância Ambiental realiza vistoria nos imóveis identificados no sobrevôo panorâmico na Zona Sul da Cidade como pontos de risco, a exemplo de lajes com água acumulada, piscinas abandonadas e caixas d’água descobertas. O objetivo é verificar se realmente existem criadouros do Aedes e orientar os moradores das residências sobre os cuidados que precisam ser tomados para evitar ou piorar o problema.

Matérias Relacionadas
- Acaba greve de farmacêuticos da rede municipal de saúde
- Academia da Cidade estimula atividades físicas durante as férias escolares
- Opas apoiará ações de filariose no Recife
- Teste rápido de HIV no Sítio Trindade é ampliado até São Pedro
- PCR promove caminhada contra violência ao idoso
- Seminário debate reforma no atendimento à saúde mental
- Seminário debate saúde mental no Nordeste
- Vigilância Sanitária faz plantão no São João
- Campanha vacina crianças contra pólio
- PCR oferece teste rápido de HIV durante São João
- Arrasta-pé na Academia da Cidade agita Pólo Miguel de Cervantes
- Anemia falciforme em mulheres é discutida no Recife
- Encontro discute doença falciforme em mulheres
- Academia da Cidade trabalha ritmos juninos
- Secretário de Saúde do Recife assume diretoria do Conasems
- São João no CAPS Galdino Loreto
- Negociações entre PCR e odontólogos terminam greve
- PCR participa de audiência pública sobre dengue
- PCR fecha acordo com enfermeiros e greve termina
- Vigilância alerta para validade dos alimentos


Enviar    Imprimir