Atalhos de navegação:

    Cultura     Fernando Monteiro e Rita Olivieri-Godet lançam livros na Cultura Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Cultura

FERNANDO MONTEIRO E RITA OLIVIERI-GODET LANÇAM LIVROS NA CULTURA
00:00 Sexta-feira, 21 de Agosto de 2009

Fernando Silva
Secretário de Cultura (à direita) prestigiou o lançamento
Secretário de Cultura (à direita) prestigiou o lançamento

Dentro da programação do 7º Festival Recifense de Literatura – A Letra e a Voz, foram lançados na noite desta quinta-feira (20), na Livraria Cultura, os mais novos livros de Fernando Monteiro (Vi uma foto de Anna Akhmátova) e Rita Olivieri-Godet (Construções identitárias na obra de João Ubaldo Ribeiro).

O secretário de Cultura do Recife, Renato L, prestigiou os lançamentos e revelou a curiosidade pelo novo livro de Fernando Monteiro, um dos homenageados desta edição do festival. “Estou curioso, pois é um retorno de Fernando Monteiro à poesia, ele que é conhecido como romancista”, disse.

Renato mostrou-se satisfeito com o formato do A Letra e a Voz deste ano. “Estou achando o resultado do festival muito bom, pois enxugamos a programação, o que permitiu que os debates ganhassem mais consistência, além de termos aberto mais espaço para as oficinas. Esse formato deverá permanecer nas próximas edições”, afirmou.

Utilizando como suporte o poema longo, o livro conta a história do narrador que vê uma foto da poetisa Anna Akhmátova numa oferta de segunda mão em livraria de terceira – A visão é suficiente para entrarmos numa narrativa sinuosa e repleta de portas falsas. O livro Vi uma foto de Anna Akhmátova marca seu retorno à poesia, após quase duas décadas erguendo uma das obras mais inquietantes da ficção brasileira.

O escritor é um dos homenageados do Festival A Letra e a Voz. “Esse é um poema narrativo. O leitor não ficará desconfortável, pois vai se sentir familiar com o poeta, pois é um poema que tem o que o grande o espanhol Damaso Alonso dizia que é o conteúdo novelesco, algo que se aproxima da ação, com continuidade”, explicou Monteiro.

Em Construções identitárias na obra de João Ubaldo Ribeiro, a pesquisadora Rita Olivieri-Godet disseca a obra do escritor baiano, com um recorte para as questões referentes à identidade brasileiras, muito presentes em seus livros. Para embasar seus estudos, ela toma como referência diversos títulos do autor, entre os quais, Viva o Povo Brasileiro, Diário do Farol, A utopia e A Casa dos Budas Ditosos. “Pelas questões identitárias, ele discute diversos projetos ideais que atravessaram o Brasil ao longo dos anos”, comentou Rita.

Joaquim Cardozo – Após os lançamentos, foi realizada uma homenagem a Joaquim Cardozo, com recital de poetas recifenses. Valmir Jordão, Cida Pedrosa, e Mariane Bigio dividiram a declamação de diversos poemas do autor, como Canto de um homem marcado, O meu canto é o Sol, Recife de Outubro, Canção do tempo, A composição da flor, Chuva de Caju, entre outros.

Matérias Relacionadas
- Seminários discutem a presença francesa no pensamento contemporâneo
- Festa do Livro encerra o Festival Recifense de Literatura no domingo
- A Letra e A Voz lança revista e fanzine
- Reabertas as inscrições para oficina Abecedário
- Livro O Filósofo Voador tem lançamento no sábado
- Arquiteto catalão realiza oficina de Terminologia Urbana
- Paulo Trindade leva seu samba regional ao projeto Estação Arte
- Escritor Cristovão Tezza brinda público com palestra na Livraria Cultura
- A Letra e A Voz apresenta Fernando Monteiro e Rogério Pereira
- Seminário discute relação entre as literaturas brasileira e francesa
- A Letra e A Voz exibe "Geração 65: aquela coisa" nesta quinta (20)
- Mundo da música erudita é apresentado aos alunos do Bolsa Escola
- Direito Autoral e novas formas de editoração em foco no A Letra e A Voz
- Festival Présence et Passé du Cinema Français
- SPA das Artes Recife 2009 divulga Selecionados
- Oficina de Zine lança publicação
- Seminários discutem o livro desmaterializado
- Raimundo Carrero desvenda a literatura em oficina
- Projeto Aprendiz Encena estimula novos talentos
- Seminário discute importância da biblioteca


Enviar    Imprimir