Atalhos de navegação:

    Direitos Humanos e Segurança Cidadã     Secretária de Direitos Humanos participa do Fórum Social Mundial Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Direitos Humanos e Segurança Cidadã

SECRETÁRIA DE DIREITOS HUMANOS PARTICIPA DO FÓRUM SOCIAL MUNDIAL
19:21 Sexta-feira, 22 de Janeiro de 2010

A secretária de Direitos Humanos e Segurança Cidadã, Amparo Araújo, participa, entre os dias 25 e 29 de janeiro, em Porto Alegre (RS), do Fórum Social Mundial 2010 (FMS 2010). Na quarta-feira (27), a gestora será uma das palestrantes do seminário “Sobreviventes: Marcas das Ditaduras nos Direitos Humanos”, que também contará com o jornalista Bernardo Kucinsky e o secretário executivo do Arquivo Nacional da Memória da Secretaria de Direitos Humanos da Argentina, Carlos Lafforgue.

O seminário faz parte do projeto Direito à Memória e à Verdade, uma iniciativa da sociedade civil apoiada pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República, que busca resgatar a verdadeira história latino-americana e contribuir na luta contra a violação de direitos. “O fato do FMS 2010 estar tratando o projeto Direito à Memória e à Verdade tem um significado especial para os militantes dos direitos humanos porque mostra a amplitude e a vinculação do tema com a defesa da vida e o direito à memória e à história”, disse Amparo.

Fórum Social Mundial - O FSM é um espaço de debate democrático de ideias, aprofundamento da reflexão, formulação de propostas, troca de experiências e articulação de movimentos sociais, redes, ONGs e outras organizações da sociedade civil que se opõem ao neoliberalismo e ao domínio do mundo pelo capital e por qualquer forma de imperialismo. Após o primeiro encontro mundial, realizado em 2001, se configurou como um processo mundial permanente de busca e construção de alternativas às políticas neoliberais.

O Fórum Social Mundial se caracteriza também pela pluralidade e pela diversidade, tendo um caráter não-confessional, não-governamental e não-partidário. Ele se propõe a facilitar a articulação, de forma descentralizada e em rede, de entidades e movimentos engajados em ações concretas, do nível local ao internacional, pela construção de um outro mundo, mas não pretende ser uma instância representativa da sociedade civil mundial. O Fórum Social Mundial não é uma entidade nem uma organização.

 

Matérias Relacionadas
- Secretária de Direitos Humanos recebe prefeito de Esteio (RS)
- Secretaria de Direitos Humanos apoia II Torneio de Futsal Feminino
- Prefeitura realiza o encerramento do IV Fórum de Direitos Humanos do Recife
- Secretária de Direitos Humanos participa de seminário do Pronasci
- IV Fórum de Direitos Humanos do Recife encerra nesta quinta-feira
- Show com grandes artistas encerra Semana de Direitos Humanos no Recife
- Semana de Direitos Humanos tem programação para juventude
- 4a Semana de Direitos Humanos é aberta no Pátio de São Pedro
- Prefeitura comemora Dia do Voluntário
- Ciclo de Palestras de Envelhecimento Ativo encerra atividades de 2009
- Prefeitura realiza seminário para comemorar o Dia Internacional do Voluntário
- Amparo Araújo participa do comitê de julgamento do Prêmio de Direitos Humanos
- Festa do Morro
- PCR realiza o último encontro do II Fórum Recife de Envelhecimento Ativo
- Vigilantes da Caixa participam de sensibilização em Direitos Humanos
- Secretaria de Direitos Humanos sensibiliza vigilantes da CEF
- Diretoria de Igualdade Racial promove debate sobre Lei dos Alvarás
- Secretaria de Direitos Humanos promove debate sobre a Lei dos Alvarás
- CAP de Casa Amarela recebe a sexta palestra do Fórum de Direitos Humanos
- Prefeitura comemora o Dia Nacional da Consciência Negra


Enviar    Imprimir