Atalhos de navegação:

    Cultura     Música e vídeo-foto são atrações do Pátio de São Pedro Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Cultura

MÚSICA E VÍDEO-FOTO SÃO ATRAÇÕES DO PÁTIO DE SÃO PEDRO
11:43 Quinta-feira, 25 de Março de 2010

Duas apresentações musicais – Mexe Mexe Tupi e Jr. Black – lançamento de um CD e exibição de vídeo-foto, marcam a programação do Pátio de São Pedro, na noite desta sexta-feira (26), dentro das atrações semanais do Pátio Sonoro, programa da Secretaria Municipal de Cultura, que este mês homenageia o artista pernambucano Chico Science. A programação inicia às 20h, com a exibição de fotos sobre o Recife. Durante uma hora e meia, através de um telão de 3x3 metros, o público presente poderá assistir uma mostra do acervo da Semana de Fotografia de 2007, de autoria de fotógrafos de todo o Brasil.

O Grupo Mexe Mexe Tupi vem logo em seguida, às 21h30. É formado pelos artistas Mozart Santos, Zeca Viana e Bruna Rafaella (produtora). O nome Mexe Mexe vem de um game eletrônico de produção nacional da década de 80, onde o jogador comanda um estrangeiro que chega ao Brasil. O objetivo do jogo é fazer com que a personagem aprenda a dançar imitando os movimentos dos índios Tupis. Assim, o grupo mantém as influências das manifestações populares da cultura brasileira, com incursões no campo da arte e tecnologia contemporânea. E promete dar um verdadeiro show no Pátio Sonoro.

Encerrando as apresentações da noite, após as 22h acontece o lançamento do CD RGB de Jr. Black, com a participação especial de grupos locais. Jovem de classe média do Recife, fã de música negra americana e do samba brasileiro, Black despertou para o mundo artístico musical ao ouvir Chico Science e Nação Zumbi. “Ao ouvir alguém fazendo música tão boa e tendo ao fundo a cidade e a realidade que o cercava”.

O RGB (de red, green e blue) é definido como a síntese da experiência pessoal do autor. Composto por Black, em parceria com a geração pós-mangue, como China e membros do Mombojó, “RGB tem aquele discurso intimista que interessa a todos, por tocar em pontos comuns da humanidade, por transformar a experiência pessoal numa sabedoria universal, por ser o disco do cara que canta o que ninguém se interessa em cantar”, segundo Jr. Black.

Matérias Relacionadas
- Axé music e manguebeat em debate na Semana Chico Science Propagando
- Teatros oferecem dança, comédia e montagens infantis neste fim de semana
- Novos conceitos da produção musical são discutidos na Semana Chico Science Propagando
- Mamam no Pátio divulga resultado da seleção de pautas para 2010
- Paixão de Cristo de Casa Amarela tem apoio da PCR
- Aviso: Mudança de pauta dos cinemas Apolo e Parque
- Exposição Paralelos e exibição de filmes no Bairro do Recife
- Terça Negra tem hip-hop, coco de roda, capoeira e ritmos afros
- Antes Que o Dia Termine na Biblioteca Popular de Casa Amarela
- Livro sobre o Capibaribe é lançado no Mamam
- PCR divulga vencedores de edital de fomento às Artes Cênicas
- I Mostra de Anime da Biblioteca Popular de Afogados
- Cinemas do Parque e Apolo exibem sucessos a partir de hoje
- Pátio Sonoro apresenta novos grupos instrumentais
- Cinemas do Parque e Apolo exibem dois sucessos das telonas
- Produções dedicadas ao público infantil são destaques na programação dos teatros municipais
- Semana Chico Science Propagando homenageia 44 anos do cantor
- I Mostra de Anime da Biblioteca Popular de Afogados
- Música instrumental anima Pátio de São Pedro nesta sexta-feira
- FCCR começa a receber propostas para Ciclo Junino dia 29


Enviar    Imprimir