Atalhos de navegação:

    A Prefeitura     Prefeitura transfere moradores para novos habitacionais Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco



RSS lista de noticias O que é isso?


A Prefeitura

PREFEITURA TRANSFERE MORADORES PARA NOVOS HABITACIONAIS
00:00 Sexta-feira, 14 de Maio de 2010

Carlos Augusto
Habitacional 3 do Projeto Via Mangue
Habitacional 3 do Projeto Via Mangue
Inaldo Menezes
Conjunto Habitacional Zeferino Agra
Conjunto Habitacional Zeferino Agra

GALERIAS DE FOTOS
Fotos

“Não era um lugar digno de morar. A gente vivia lá porque não tinha alternativa”. A frase é da artesã Maria Gevaneide Moura, de 58 anos, que iniciou uma nova etapa de vida: habitar numa casa própria. Ela que morava na comunidade da Xuxa, na zona sul da cidade, foi uma das beneficiadas com os apartamentos do Habitacional 3, do Projeto Via Mangue, edificado na Imbiribeira pela Prefeitura do Recife, e se mudou para sua nova casa nesta semana. As famílias da comunidade Xuxa (próxima à Antônio Falcão) estão sendo as primeiras a se transferirem para o conjunto, de um total de 352 que serão beneficiadas. Ao mesmo tempo, a Prefeitura do Recife está fazendo a demolição das antigas casas, que será intensificada a partir da segunda-feira (17).

Maria Gevaneide, o marido e um filho com deficiência mental de 28 anos passaram a ocupar o apartamento 8, do Bloco 1. A cearense, radicada no Recife há 30 anos, só agora conseguiu a sua primeira residência. “Essa é a primeira moradia verdadeiramente minha nessa vida. Estou me sentindo muito feliz. Foi a melhor coisa que já fizeram pela gente. Sou muito grata, primeiramente a Deus, depois ao prefeito João da Costa e ao presidente Lula porque ninguém nunca olhou pra gente”, comentou, animada com a mudança.

Outra que fez sua mudança foi Sandra Lúcia Vieira, de 44 anos. Ela, que recebeu as chaves do apartamento, durante a solenidade de inauguração ocorrida no último dia 7, das mãos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, não escondia o sorriso no rosto. “Estou realizando um sonho de 22 anos. A alegria que sinto por estar entrando na minha casa nova só se compara ao dia em que recebi as chaves”, destacou.

A dona de casa Luzitânia Urselina, ao lado do esposo, Agnaldo Fernandes e dos três filhos, acompanhava, nesta sexta, o trabalho de remoção de móveis e utensílios e a demolição do barraco em que morava. Depois de 10 anos morando em condições precárias, não escondia a alegria por ver realizado um sonho. “Vou embora daqui com muita felicidade. Estou indo para uma nova vida, para uma moradia digna para mim para a minha família”. Luzitânia diz que chegou a duvidar que um dia fosse mudar de vida. “Durante um tempo eu duvidei da promessa, mas quando vi o prefeito falando na televisão eu passei a acreditar e hoje estou aqui de mudança”, afirmou.

Outra moradora que estava acompanhando a mudança era a dona de casa Josélia de Santana. Com 43 anos de idade e há 19 morando na favela, Josélia estava recolhendo parte da madeira utilizada na construção do antigo imóvel para enviar para um familiar do interior do estado. “Estou me mudando com meus três filhos para o apartamento 301 no habitacional. Vai ser muito bom para os meus filhos, uma vida muito mais tranqüila e segura. Estou muito feliz”, disse.

A transferência das famílias das comunidades Xuxa e parte de Deus nos Acuda para o Habitacional 3 continua esta semana. À medida que a área for sendo desocupada, a Prefeitura do Recife realizará a demolição dos barracos existentes no local. A operação de transferência está sendo acompanhada por técnicos do Orçamento Participativo e com o apoio operacional de mais de 30 homens da Diretoria de Controle Urbano (Dircon) e da Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb).

Neste habitacional foram investidos recursos da ordem de R$ 16 milhões. Os blocos possuem quatro pavimentos (térreo e mais três andares). Os apartamentos, com cerca de 40m², contam com sala, cozinha, banheiro, dois quartos e área de serviço. A área comum às edificações conta com playground, centro comunitário, jardim, guarita, estacionamento e um campo de futebol. Outros dois habitacionais previstos no Projeto Via Mangue, totalizando 640 unidades, já tiveram as ordens de serviço assinadas e as obras serão iniciadas em breve. O projeto completo irá beneficiar 992 famílias que vivem às margens do manguezal, nos bairros de Boa Viagem e Pina.

Zeferino Agra: O mesmo sentimento de euforia tomou conta das famílias que estão sendo transferidas para o Conjunto Habitacional Zeferino Agra. A ocupação das 128 unidades já foi iniciada e a área de lazer com parque infantil totalmente tomada pelas crianças. Apesar das mais diversas idades e profissões, as histórias de vida dos novos moradores são bem diferentes, mas todas com um final semelhante: cheio de felicidade e esperança.

Gente como dona Maria Lopes da Silva, de 103 anos, que viveu experiências impensáveis para muitos. “Já comi muita lama e muita água, o sofrimento era constante, pois, adoecia sempre e dormia na rua. Mas, agora, estou muito feliz em poder morar com dignidade e perto da minha família”, disse com lágrimas nos olhos. O casal Maria José da Silva, de 45 anos, e Dioclécio da Silva, de 42, comemoravam a nova casa e o fim de uma rotina difícil. “Além de não termos um local decente para dormir, ainda tínhamos que andar uns cinco quilômetros para conseguir água. Hoje temos todo conforto o que vai nos ajudar no trabalho, afinal, amanhecer descansado é muito bom”, comemorou seu Dioclécio.

A construção das 128 unidades do Zeferino Agra contou com investimentos de R$ 4,5 milhões. Os serviços começaram no mês de abril de 2009. O conjunto Zeferino Agra conta com centro comunitário e espaço de lazer, além de abastecimento de água, esgotamento sanitário, rede elétrica e pavimentação.  Para o habitacional foram transferidas as famílias que residiam no Pátio de Água Fria.

Matérias Relacionadas
- Mutirões reforçam combate a alagamentos
- Feira das Mulheres movimentam Afogados e Santo Amaro
- João da Costa participa de comemoração pelos 50 anos do MCP
- Acesso ao estacionamento dos servidores no prédio da PCR muda a partir de segunda
- Torneio de futebol marca Dia Nacional do Gari
- Recife sediará seminário da Rede Mercocidades
- Prefeitura faz limpeza no Açude de Apipucos
- João da Costa participa da primeira reunião do Fórum de Prefeitos das Capitais Nordestinas
- PCR comemora 50 anos do Movimento de Cultura Popular
- Cronograma de atividades
- João da Costa trabalha para liberar financiamento do PAC Drenagem
- Prefeito acompanha evento sobre a fiscalização das obras da Copa 2014
- Ação educativa da PCR beneficia moradores do Arruda
- PCR participa de reunião da Rede Mercocidades
- Encontro de Adultos e Idosos dos Círculos Populares começa com passeios
- João da Costa participa de reuniões sobre Copa do Mundo e PAC-2 em Brasília
- Ações Educativas são apresentadas em escola da UR-2
- Prefeitura realiza ação educativa no Arruda
- Prefeito e primeira-dama entregam cheque do 46º Baile Municipal ao Hospital Maria Lucinda
- Oficina de Linguagem é temporariamente suspensa


Enviar    Imprimir