Atalhos de navegação:

    A Prefeitura     João da Costa lança programa de qualificação para trabalhadores de obras do OP Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco



RSS lista de noticias O que é isso?


A Prefeitura

JOÃO DA COSTA LANÇA PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO PARA TRABALHADORES DE OBRAS DO OP
11:35 Terça-feira, 18 de Maio de 2010

Fernando Silva
Inicialmente serão disponibilizadas 540 vagas
Inicialmente serão disponibilizadas 540 vagas
Fernando Silva
Lançamento foi realizado no Terminal Marítimo
Lançamento foi realizado no Terminal Marítimo

Na manhã desta terça-feira (18), o prefeito João da Costa lançou o programa Construir e Aprender, voltado para a qualificação profissional e alfabetização dos trabalhadores de obras do Orçamento Participativo do Recife. O lançamento, realizado no Terminal Marítimo de Passageiros (Armazém 12), no Bairro do Recife, integrou a programação em celebração ao Mês do Trabalhador, e contou com a presença dos profissionais beneficiados. Serão disponibilizadas, inicialmente, 540 vagas para os trabalhadores que atuam nas obras do OP nas seis Regiões Político-Administrativas (RPAs) da Cidade.

“Como secretário do Orçamento Participativo e agora como prefeito sempre procurei visitar cada obra que fazíamos na cidade do Recife, pois todas elas, escolhidas por vocês, pelas mães ou mulheres, deveriam ter sido feitas há muito tempo. Quando estamos trabalhando num calçamento de uma rua, não estamos apenas ganhando dinheiro, mas também realizando sonhos de muita gente, dando tranqüilidade, e melhorando a vida de vocês, dos vizinhos e de toda a comunidade”, destacou o prefeito João da Costa.

Segundo o gestor, o momento que o Recife e Pernambuco vivem na área da construção civil faz com que o programa Construir e Aprender seja de fundamental importância para os trabalhadores, e também as construtoras. “Estamos fazendo muitas obras no Recife. São ações do PAC Beberibe, do Prometrópole, saneamento em Santo Amaro, em Roda de Fogo, em Mangueira e Mustardinha, na Estância, no Jordão, no Ibura, na Caxangá, em toda cidade tem obras, e vem muito mais por ai”, informou o prefeito, destacando ainda as obras da iniciativa privada. “Nos próximos anos serão de cinco a dez mil vagas de trabalho na área da construção civil que serão abertas”.

Os cursos na área da construção civil fazem parte do Plano Setorial de Qualificação (PlanseQ), que integra o Plano Nacional de Qualificação (PNQ). Além das capacitações, a iniciativa também promove a alfabetização dos trabalhadores por meio do Programa Lição de Vida, que visa inserir no sistema escolar o público não alfabetizado acima dos 15 anos. Os profissionais também serão estimulados no exercício da cidadania e sobre a importância do Orçamento Participativo, como programa que reforça a democratização das políticas públicas junto à população e na melhoria da qualidade de vida.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico, José Bertotti, reforçou a parceria entre as secretarias envolvidas e as empresas construtoras. “Vocês agora serão trabalhadores e estudantes. Esse é um programa novo, piloto, que teve a participação de vocês nas discussões. Quando as obras em que estão acabarem, vocês poderão ingressar nesse ciclo de desenvolvimento econômico que o estado vive. Esse desenvolvimento só se concretiza se houver também essa inclusão social que estamos promovendo, e esse será o legado do prefeito João da Costa”, afirmou Bertotti.

A ação é uma parceria entre as secretarias municipais de Gestão e Planejamento, por meio da Coordenadoria do Orçamento Participativo; Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico; e Educação, Esporte e Lazer, além da Empresa de Urbanização do Recife (URB). Entre as profissões que serão oferecidas nas capacitações estão as atividades de armador, azulejista, eletricista, encanador, gesseiro, instalador industrial, pedreiro e pintor.

Para o coordenador do Orçamento Participativo, Augusto Miranda, os trabalhadores estão bastante animados com o início dos cursos. “E o prefeito também está muito contente com o formato que o grupo de trabalho conseguiu dar ao Programa Construir e Aprender. Esperamos que os cursos, que têm uma pedagogia moderna e inclusiva, propiciem aos profissionais uma melhoria na sua condição de vida, progredindo na carreira, e assim responder essa demanda da cidade em qualificar a população repartindo esses investimentos que o Recife recebe”, disse.

Compareceram ainda ao ato de lançamento do programa os secretários Eduardo Granja (Juventude e presidente do Geraldão) e Evelyne Labanca (Gestão e Planejamento), os vereadores Inácio Neto e Osmar Ricardo, além de representes das construtoras.

Cursos - Cada curso tem a carga horária de 200 horas/aula e é dividido em quatro módulos diferentes: Formação Social (20h/a), que inclui aulas sobre Direitos Humanos, Cidadania/Meio Ambiente, Ética e Mercado de Trabalho; Básico (20h/a), abordando noções de Língua Portuguesa e Matemática; Específico (60h/a), que observa os conteúdos referentes ao processo de construção do conhecimento relativo a cada curso; e Prático (100h/a), última etapa da formação onde os alunos aplicam os conhecimentos trabalhados nos módulos anteriores.

As turmas serão compostas por 30 alunos, que irão estudar no horário da noite, em unidades próximas aos canteiros de obras. Das 18 turmas, 13 iniciam as aulas já nesta segunda-feira (24). A princípio, sessenta monitores irão atuar nas capacitações dos trabalhadores do OP. Os alunos receberão ainda o fardamento, o material didático e certificação.

Até o momento já foram cadastrados mais de 470 trabalhadores que atuam nas obras em execução eleitas no OP, e demonstraram interesse em participar do projeto. O número de vagas disponíveis deve ser preenchido nos próximos meses com o início de novas obras eleitas pela população com prioritárias nas votações do programa municipal.

Obras – Os trabalhadores que irão participar dos cursos de capacitação atuam em obras como construção de habitacionais, a exemplo do Habitacional Dom Helder (Nova Descoberta); de saneamento de ruas na Ponte do Maduro, em Santo Amaro, e na Mangueira da Torre; e em diversas intervenções de pavimentação e drenagem de vias como, nas ruas Ximboré (Caçote), Ourém (San Martin) e Doutor Dustan (Caxangá).

Saiba Mais:

Lição de Vida - Iniciado em agosto de 2009, o programa é uma formulação local para o Programa Brasil Alfabetizado, do Governo Federal, dentro das ações inovadoras da gestão do prefeito João da Costa na área educacional. Tendo como objetivo central à inserção no sistema escolar da população acima de 15 anos não alfabetizada, o programa visa, sobretudo, a mobilização social permanente em torno do direito à educação ao longo da vida. No último mês de abril, 2.400 concluintes do curso receberam seus certificados.

PlanseQ - O Plano Setorial de Qualificação (PlanseQ) é uma ação do Ministério do Turismo, que oferece cursos na área de construção civil, para homens e mulheres com mais de 18 anos e que tenham pelo menos a 4ª série do ensino fundamental completa. O setor da construção civil foi escolhido por ser essencial ao desenvolvimento econômico do País e por ter relação direta com as obras de infraestrutura realizadas pelo Plano de Aceleração do Crescimento (PAC).

 

RÁDIO VOZ DO RECIFE: ESCUTE COBERTURA AQUI

Matérias Relacionadas
- Secretária da Mulher participa do Fórum de Gênero e Pesca na UFRPE
- Prefeito lança programa de qualificação para trabalhadores
- Humberto Teixeira e Anastácia são homenageados do Ciclo Junino 2010
- Sobre os homenageados
- Projeto “Nosso bairro é a gente quem faz” chega à Ilha do Joaneiro
- Praça de Casa Forte reúne 497 pessoas em plenária do OP
- Palestra para gestores aborda Intervenção Apreciativa
- Seminários de Integração são encerrados com a Guarda Municipal
- Guarda Municipal fecha ciclo de Seminários de Integração na Secretaria de Serviços Públicos
- Prefeitura transfere moradores para novos habitacionais
- Mutirões reforçam combate a alagamentos
- Feira das Mulheres movimentam Afogados e Santo Amaro
- João da Costa participa de comemoração pelos 50 anos do MCP
- Acesso ao estacionamento dos servidores no prédio da PCR muda a partir de segunda
- Torneio de futebol marca Dia Nacional do Gari
- Recife sediará seminário da Rede Mercocidades
- Prefeitura faz limpeza no Açude de Apipucos
- João da Costa participa da primeira reunião do Fórum de Prefeitos das Capitais Nordestinas
- PCR comemora 50 anos do Movimento de Cultura Popular
- Cronograma de atividades


Enviar    Imprimir