Atalhos de navegação:

    Saúde     Serviço médico domiciliar é ampliado para as Zonas Norte e Noroeste do Recife Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Saúde

SERVIÇO MÉDICO DOMICILIAR É AMPLIADO PARA AS ZONAS NORTE E NOROESTE DO RECIFE
00:00 Quinta-feira, 16 de Setembro de 2010

FOTOS: Fernando Silva
Aumenta o número de equipes que compõe o SAD
Aumenta o número de equipes que compõe o SAD
Anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (16)
Anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (16)

Atividades iniciam nesta quinta-feira atendendo pacientes em bairros dos distritos sanitários II e III

Por Tádzio Estevam

A Prefeitura do Recife ampliou o número de equipes que compõe o Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD), oferecido às pessoas com doenças crônicas que não podem se deslocar até uma unidade de saúde das Zonas Norte e Noroeste do Recife. O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (16), pelo prefeito João da Costa, durante evento na Unidade de Saúde da Família da Macaxeira/Burity. A PCR dobrou (de quatro para oito) o número de equipes do SAD, responsáveis por esta atividade nos Distritos Sanitários II e III, que abrangem bairros das Zonas Norte e Noroeste da cidade.

Segundo João da Costa, este serviço tem o objetivo de melhorar a assistência de Saúde da Família. “O SAD vai facilitar o cuidado com os portadores de doenças crônicas, uma vez que eles poderão ser tratados em casa, o que irá permitir um atendimento adequado por uma equipe especializada. Esse processo vai reforçar o acompanhamento médico junto à família que, em muitos casos, não têm condições de recorrer à rede particular”, frisou.

As novas equipes serão formadas por quatro médicos, quatro enfermeiros, quatro técnicos de enfermagem e motoristas. Além disso, haverá uma equipe multidisciplinar, composta por um profissional de assistência social, um de apoio administrativo, farmácia, um de fonoaudiologia, um de nutrição, outro de psicologia e mais um de terapia ocupacional.

O reforço médico especializado será oferecido pela Saúde do município em parceria com o Hospital Pediátrico Maria Lucinda, instituição conveniada à rede municipal, que oferecerá toda estrutura dos atendimentos. “Essa parceria com o Maria Lucinda foi firmada exatamente por se tratar de uma instituição comprometida com a saúde pública”, destacou o gestor municipal.

As novas equipes do SAD serão responsáveis por desenvolver as atividades nos distritos sanitários II e III, que abrangem bairros como Arruda, Campina do Barreto, Campo Grande, Encruzilhada, Hipódromo, Peixinhos, Aflitos, Alto do Mandu, Apipucos, Derby, Dois Irmãos, Espinheiro, Graças, Jaqueira, Monteiro, Parnamirim e Alto José do Pinho.

De acordo com o plano de instalação do serviço, os primeiros distritos sanitários inseridos na estratégia em março deste ano foram o I e o V – que incluem localidades como Santo Amaro, Boa Vista, Jardim São Paulo e Afogados, iniciativa que contemplará bairros como Dois Irmãos, Espinheiro, Parnamirim e Alto José do Pinho.

Cada nova equipe deverá atender a 30 pacientes por mês. A inclusão se dá por meio de solicitação da equipe de Saúde da Família, a partir de critérios como: o paciente possuir incapacidade funcional provisória ou permanente e ter cuidador com capacidade de colocar em prática as orientações dos profissionais. Idosos e doentes neurológicos com seqüelas têm prioridade no programa.

Para o secretário de Saúde do Recife, Gustavo Couto, o serviço de atendimento domiciliar reforçará, não só a eficiência do atendimento prestado, mas também vai gerar conseqüências bastante positivas nas comunidades como a qualificação do Programa Saúde da Família (PSF), a humanização do processo - inserindo a família como um todo -, e a redução de custos.

Esta ação pública é fundamental por vários fatores. A entrada de novos parceiros como o Hospital Maria Lucinda permite a ampliação dos acessos e engrandece o SUS. Com isso, conseguimos reduzir em até um terço os custos, já que os atendimentos são feitos nas próprias residências, o que desafoga o número de pacientes crônicos nos hospitais. Outro detalhe de grande importância, que auxilia na recuperação do paciente, é que este atendimento acontece na sua própria casa, humanizando ainda mais a relação médico-paciente”, explicou. Ainda de acordo com o secretário, foram investidos aproximadamente R$ 120 mil para a implantação do novo serviço e, para a manutenção das equipes, o custo estimado é de R$ 111 mil.

Também estavam presentes os secretários Cláudio Duarte (Educação), Amparo Araújo (Direitos Humanos) e Rejane Pereira (Especial da Mulher), assim como o assessor executivo de Saúde, Tiago Feitosa, e do superintendente do Hospital Maria Lucinda, Luiz Alberto.

Pacientes com prioridade para inclusão no programa:

Idosos portadores de doenças crônicas degenerativas agudas; Portadores de patologias que necessitem de cuidados paliativos; Portadores de incapacidade funcional provisória permanente; Ter cuidador com condições de prestar os cuidados orientados pela equipe do SAD; Ser morador do Recife; Ter condições de moradia adequada ao plano terapêutica.

Já os pacientes que necessitem de cuidados intensivos e monitoramento contínuo, que não disponham de cuidador identificado, com necessidade de tratamento cirúrgico de urgência, que façam uso de medicação complexa com efeitos colaterais potencialmente graves ou de difícil administração não se encaixam no perfil de atendimento a ser realizado pelo SAD

Matérias Relacionadas
- Prefeitura do Recife amplia atendimento domiciliar de saúde
- Saúde promove seminário para trabalhadores da Construção Civil
- Secretaria de Saúde promove mutirão no Conjunto Habitacional Zeferino Agra
- Agentes de Saúde são capacitados sobre necessidades de pessoas com deficiência
- Agentes de Saúde Comunitários recebem capacitação
- Saúde capacita ACS para identificar pessoas com deficiência
- Saúde promove capacitação para iniciar programa Amiga do Peito
- Profissionais de Saúde do NE discutem no Recife questões relacionadas às DST e AIDS na Região
- Servidores do Distrito Sanitário III contam com nova sede
- Saúde alerta população sobre venda clandestina de carne em mercados
- Prefeitura capacita profissionais sobre prevenção ao câncer de mama
- Recife discute DST e Aids durante Macro Nordeste
- Feira de artesanato marca o encerramento do Recicladescoberta
- Pescadores de Brasília Teimosa recebem orientações sobre câncer de boca e de pele
- Programa Saúde na Escola entrega mais 173 óculos aos alunos da rede
- Saúde encerra Recicladescoberta com atividades educativas
- Saúde promove ação de prevenção para pescadores de Brasília Teimosa
- Vigilância Ambiental promove sensibilização da Saúde no Aníbal Bruno
- Prefeitura do Recife promove Feira de Serviços em Conjuntos Habitacionais
- Recife Respira Melhor é lançado durante Seminário


Enviar    Imprimir