Atalhos de navegação:

    Cultura     Nádia Maia faz exaltação ao frevo no Polo de Jardim São Paulo Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Cultura

NÁDIA MAIA FAZ EXALTAÇÃO AO FREVO NO POLO DE JARDIM SÃO PAULO
06:15 Quarta-feira, 9 de Março de 2011

Lú Streithorst
Nádia Maia
Nádia Maia

A artista mostrou toda a sua versatilidade no palco

Por Otávio Dias 

Com uma bela fantasia de pirata, a cantora recifense Nádia Maia subiu ao palco do Polo descentralizado de Jardim São Paulo, nesta terça-feira (08), disposta a deixar o público com saudade do Carnaval Multicultural 2011. Voz marcante e muito carisma, a artista mostrou toda a versatilidade de quem já venceu festivais de música, como o Canta Nordeste, participou de coletâneas importantes, como Asas da América, além de já ter gravado vários discos de forró e frevo, num trabalho consagrado e reconhecido pelos principais artistas e músicos do Estado.
 
Durante sua apresentação, Nádia acabou transformando o trecho da Avenida São Paulo, defronte ao polo, num autêntico salão de baile de Carnaval, com famílias inteiras fazendo o passo e se divertindo a valer. No repertório, destaque para os frevos “Eu acho é pouco” e “Quero Mais”, o “manguetown”, de Chico Science, e o Hino do Bloco Ceroulas. “Sempre costumo trabalhar nos polos descentralizados, como Chão de Estrelas, Ibura e Santo Amaro. No ano passado, por exemplo, também estive aqui, em Jardim São Paulo. Aliás, acho a descentralização uma das características positivas da folia recifense”, elogiou Nadia Maia.
 
A dona de casa Marta Oliveira, de 34 anos, seu marido, o mecânico Carlos Nascimento, de 38, e a filha Tábata, de oito anos, todos com camisas do Santa Cruz, não paravam de frevar durante o show de Nádia Maia. Segundo Marta Oliveira, a apresentação da cantora lhe surpreendeu.
 
“Já conhecia Nádia como cantora de forró, mas não sabia que ela era tão boa também no frevo. Estou adorando o show”, ressaltou. Quem também gostou de todos os quatro dias de folia no polo de Jardim São Paulo foi o vendedor de pipoca José Virgolino, de 40 anos. “Desde sábado já vendi mais de 200 pacotes. Além disso, brinquei bastante”, revelou sorridente.

Matérias Relacionadas
- Alceu Valença levanta o público no Marco Zero
- Última noite do Carnaval Multicultural do Recife termina com grandes shows
- Irreverência de João do Morro encerra Carnaval do Polo de Brasília Teimosa
- As Conxitas movimentaram o Polo das Fantasias
- Prefeito acompanha o encerramento do Carnaval Multicultural Recife no Marco Zero
- João da Costa visita polos descentralizados
- Festa carnavalesca com muito gingado de Mônica Feijó
- Mulheres são homenageadas no Carnaval do Recife
- Último dia do Rec Beat é marcado por mistura de ritmos
- Junio Barreto agita foliões no Pátio de São Pedro
- Academia da Berlinda anima ao som de muito merengue o Pátio de São Pedro
- Josildo Sá, João Donato e Léo Gandelman fazem show histórico no Polo das Fantasias
- Polo Recife Multicultural recebe desfile de agremiações campeãs
- Memória e resistência afro-brasileira na Noite dos Tambores Silenciosos
- Público aprova polo na Bomba do Hemetério
- Multiculturalidade anima o Festival Rec Beat
- João da Costa assiste a shows no Polo Descentralizado do Ibura
- Clube do Samba abre a noite de shows no Polo Multicultural
- Compositores de frevo de bloco se reúnem em café da manhã
- Frevo abre a segunda noite do Polo de Casa Amarela


Enviar    Imprimir