Atalhos de navegação:

    Direitos Humanos e Segurança Cidadã     Semana Marcas da Memória de Pernambuco inicia suas atividades Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Direitos Humanos e Segurança Cidadã

SEMANA MARCAS DA MEMÓRIA DE PERNAMBUCO INICIA SUAS ATIVIDADES
20:30 Quarta-feira, 30 de Março de 2011

Inaldo Lins
Amparo Araújo representou o prefeito João da Costa
Amparo Araújo representou o prefeito João da Costa

Foi aberta oficialmente, na tarde desta quarta-feira (30), a Semana Marcas da Memória de Pernambuco, uma realização da Prefeitura do Recife, Governo do Estado de Pernambuco e Ministério da Justiça. O ato de abertura da Semana, que segue até a segunda-feira (04), com atividades no Recife, Vitória de Santo Antão e Itapetim, aconteceu no Salão das Bandeiras do Palácio do Campo das Princesas.

A solenidade, que contou com presenças de autoridades locais e anistiados políticos, foi marcada por dois momentos. No primeiro, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, entregou o projeto do Memorial da Democracia de Pernambuco à Prefeitura do Recife e à Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), parceiros da iniciativa. O Memorial funcionará no Liceu de Artes e Ofício e será um espaço dedicado à memória sobre a democracia e um resgate das lutas libertárias de Pernambuco. Um local totalmente interativo onde os visitantes, a partir de estímulos visual, sonoro e tátil, possam elaborar suas próprias impressões de memória de consciência da História. Em seguida, Eduardo Campos entregou as doze últimas portarias dos requerimentos de condição de anistiado político do Estado de Pernambuco.

Representando o prefeito João da Costa, a secretária de Direitos Humanos e Segurança Cidadã, Amparo Araújo, falou sobre a importância da Semana. “Essas atividades são uma garantia de que as tentativas de apagar das nossas memórias o que foi a ditadura militar no Brasil são inúteis. Precisamos sempre resgatar esse período, educando as novas gerações para o exercício pleno da democracia”, afirmou a secretária.

A Semana tem como principal objetivo realizar uma série de atividades que garantam as diretrizes previstas no eixo VI do Programa Nacional de Direitos Humanos 3 (PNDH 3), que tratam sobre o reconhecimento da memória e da verdade como direito humano da cidadania.

Nesta quinta-feira (31), às 16h, na Casa da Cultura (antiga Casa de Detenção), haverá uma homenagem aos ex-presos políticos que ali cumpriram pena, com a aposição de uma placa alusiva à luta desses homens. Logo após, às 18h, no Teatro Apolo, será o lançamento do livro Segredos de Estado: O desaparecimento de Rubens Paiva, de Jason Tercio. Em seguida, às 20h, também no Apolo, é a vez da estreia da peça A Filha da Anistia. O espetáculo fica em cartaz até o domingo (03), no Teatro Apolo, com entrada gratuita e apresentações sempre às 20h, seguidas de debates com a participação do público.

Contando com a participação do Presidente da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, Paulo Abrão, na sexta-feira (1º), às 9h, no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), será realizado o Seminário Justiça de Transição.

No sábado (02), representantes da SDHSC, do Governo de Pernambuco e da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça visitarão o memorial do Engenho Galiléia, localizado no município de Vitória de Santo Antão, onde se encontra um acervo documental das Ligas Camponesas.

Encerrando as atividades da Semana Marcas da Memória de Pernambuco, na segunda-feira (04), os representantes das três esferas governamentais seguirão para o município de Itapetim, sertão pernambucano, para a inauguração de uma praça em homenagem ao militante João Leonardo da Silva Rocha (Zé Careca), que viveu no município como camponês de 1971 a 1974.

SERVIÇO:

Semana Marcas da Memória de Pernambuco
De 30 de março a 04 de abril

Aposição da placa em homenagem aos ex-presos políticos da Casa de Detenção
Dia: 31 de março (quinta-feira)
Hora: 16h
Local: Casa da Cultura
(Rua Floriano Peixoto, 905, São José)

Lançamento do livro Segredos de Estado: O desaparecimento de Rubens Paiva
Dia: 31 de março (quinta-feira)
Hora: 18h
Local: Teatro Apolo
(Rua do Apolo, 121, Recife Antigo)

Peça A Filha da Anistia
Dia: 31 de março (quinta-feira) a 03 de abril (domingo)
Hora: 20h
Local: Teatro Apolo
(Rua do Apolo, 121, Recife Antigo)
Duração: 60 minutos
Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos.
Valor da entrada: Ingressos gratuitos serão distribuídos uma hora antes do espetáculo

Seminário Justiça de Transição
Dia: 1º de abril
Hora: 9h
Local: Auditório da OAB
(Rua do Imperador Pedro II, 235, Santo Antônio)

Matérias Relacionadas
- SDHSC realiza projeto Cine-Educação e Direitos Humanos do Recife
- Prefeitura do Recife realiza Semana Marcas da Memória de Pernambuco
- Segundo dia da capacitação do PAIR promove debate sobre violência e saúde
- Pair dá início a capacitações
- Prefeitura do Recife promove capacitações do Pair
- Dia Internacional Contra a Discriminação Racial é lembrado pela PCR
- Central de Direitos Humanos realiza atendimentos e orienta foliões
- Central Multicultural oferece serviços a vítimas de violação em direitos humanos
- Acessibilidade tem vez no Carnaval recifense
- Recife cede espaço para Camarote da Acessibilidade
- Bloco da Diversidade de Pernambuco sai nesta quinta-feira
- Comdir abre inscrições para eleição de conselheiros
- Bloco Me Segura Se Não Eu Caio esquenta a semana pré-carnaval
- Polo LGBT agita Carnaval Multicultural do Recife
- SDHSC capacita Rede de Atendimento à Mulher
- SDHSC oferece curso de capacitação para rede de atendimento à mulher
- Amparo Araújo cumpre agenda em Brasília
- SDHSC tem projeto aprovado pelo Programa URB-AL III
- PCR realiza Seminário Internacional Jovens e Empregabilidade
- Secretária de Direitos Humanos recebe delegação italiana


Enviar    Imprimir