Atalhos de navegação:

    Saúde     Médicos reguladores do Samu contam com nova sala de atendimento Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Saúde

MÉDICOS REGULADORES DO SAMU CONTAM COM NOVA SALA DE ATENDIMENTO
00:00 Quinta-feira, 31 de Março de 2011

Ivanildo Francisco
Espaço foi preparado para oferecer conforto e melhor atendimento
Espaço foi preparado para oferecer conforto e melhor atendimento

Profissionais terão mais uma ferramenta para reduzir o tempo-resposta aos atendimentos

Por Tádzio Estevam

A sala de Regulação Médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU Recife), que atende todo o Recife e os municípios que compõem a Região Metropolitana, está de cara nova. Em dois dias de reforma, o espaço foi preparado para oferecer mais conforto aos 70 médicos que se revezam em horários distintos na sede e também proporcionar maior poder de atendimento. A partir de hoje, os profissionais contarão com mais uma ferramenta para otimizar o trabalho, reduzindo o tempo-resposta no socorro às vítimas.

Agora cada Ponto de Atendimento (baia ou estação de trabalho) destinado aos médicos, contam com duas telas, uma para o atendimento e outra que confere a relação de ambulâncias disponíveis para a emergência. Esta segunda tela também é utilizada pelo rádio-operador. Ela auxilia o médico com relação ao grid de unidades que estão mais próximas dos locais do acidente. Na medida em que aquele atendimento está sendo feito por telefone com o médico, uma outra imagem o auxiliará na logística do transporte.

A mudança foi bem recebida pelo corpo de médicos. “Esse novo processo irá facilitar, e muito, o nosso trabalho. Antes éramos acionados pelos rádio-operadores apenas verbalmente. Agora, junto com eles, conseguimos ver as imagens e providenciar atendimento o quanto antes, reduzindo em até 50% o tempo da ocorrência”, informou a médica Jaciara Lúcio, que trabalha na rede Samu há quase três anos.

A reforma envolveu mudanças no piso, paredes, teto e nas posições de atendimento. Durante esse período, os profissionais se alocaram na mesma sala dos teleatendentes. Após a reforma, a sala ficou dividida por áreas. Na primeira fileira, os pontos de atendimentos para as regiões metropolitanas norte e sul. Atrás, ficaram as baias específicas para o atendimento das demandas recifenses, sendo ainda mais divididas por distritos sanitários.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192), conta com uma frota de 22 ambulâncias, das quais 18 básicas e quatro com UTI; três motolâncias; uma viatura de apoio rápido; e um helicóptero com autonomia de vôo de 300 quilômetros. A expectativa é agregar mais uma viatura aérea ainda este ano. Aproximadamente 500 profissionais atuam no serviço, desenvolvendo atividades como médico, enfermeiro, condutor, socorrista, teleatendente e técnicos de enfermagem, entre outros.

Matérias Relacionadas
- Moradores do Coque recebem orientações sobre tuberculose
- População do Ibura é contemplada com mobilização sobre hanseníase
- Coque recebe mobilização sobre tuberculose
- Seminário uniformiza debate sobre atenção básica em Pernambuco
- Ibura recebe evento de sensibilização sobre hanseníase
- Saúde discute atenção básica nas três esferas de governo
- Secretaria de Saúde abre a 17ª Residência Terapêutica no Recife
- Coordenação de Saúde da Mulher movimenta Sítio Trindade
- Saúde promove sensibilização sobre envelhecimento saudável
- Profissionais da Saúde do Recife participam de curso na UPE
- PCR promove mobilização dedicada à saúde da mulher
- Profissionais de saúde são qualificados sobre anemia falciforme
- Saúde promove palestra sobre anemia falciforme
- Comunidade de Lagoa Encantada é contemplada com Feira de Saúde
- Combate à tuberculose agita a Policlínica Lessa de Andrade
- Porteiros e zeladores do Recife recebem capacitação sobre os riscos da dengue
- Saúde inicia mobilizações em torno do Dia Mundial de Luta contra a Tuberculose
- Lagoa Encantada recebe feira de saúde
- Entidades parceiras da PCR e Miss Brasil conhecem experiências de controle às doenças negligenciadas
- Porteiros e zeladores de condomínios do Recife são capacitados sobre dengue


Enviar    Imprimir