Atalhos de navegação:

    Saúde     Alunos da Rede Municipal recebem ações do Programa Saúde na Escola Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Saúde

ALUNOS DA REDE MUNICIPAL RECEBEM AÇÕES DO PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA
00:00 Quinta-feira, 12 de Maio de 2011

Fotos: Irandi Souza
Ação aconteceu na Escola Municipal dos Coelhos
Ação aconteceu na Escola Municipal dos Coelhos
500 crianças participaram da ação
500 crianças participaram da ação

As atividades tiveram como foco a questão da violência e prevenção de acidentes na comunidade escolar

Por Tádzio Estevam

A manhã desta quinta-feira (12) foi diferente para as 500 crianças da Escola Municipal dos Coelhos, localizada na comunidade de mesmo nome. A unidade foi ocupada por um verdadeiro batalhão de profissionais das secretarias de Saúde e Educação que promoveram, durante todo dia, várias ações que compõem o Programa Saúde na Escola. Implantado pela Prefeitura do Recife em agosto de 2010, o objetivo principal do programa é atender de forma integral às necessidades dos alunos matriculados nas escolas da Rede Pública Municipal.

As atividades tiveram como foco a questão da violência e prevenção de acidentes na comunidade escolar. Professores e profissionais das equipes de Saúde da Família estiveram reunidos para discutir os tipos de violência que estão mais propensas às crianças (sexual, verbal, de negligência e interpessoal) na escola.

A forma lúdica foi bastante importante para a assimilação por parte dos alunos. Por isso, foram desenvolvidas oficinas de contação de histórias; brinquedoteca; oficina com esquete do Samu sobre como agir em casos de choques elétricos e queimaduras, além da conscientização para a problemática do trote; higiene bucal; prevenção de acidentes de trânsito com o Detran; e uma oficina sobre violência com uma terapeuta ocupacional do Núcleo de Assistência à Saúde da Família (NASF) que, na ocasião, interagiu com cadeirantes, portadores de deficiência física e mental. “Estou muito contente com esse dia de aula diferente”, falou o pequeno João, de apenas oito anos. A coordenadora do PSE, por parte da Secretaria de Educação, Eluza Barros, reforçou o objetivo do programa. “Aqui, o nosso objetivo é orientar e prevenir os alunos para que eles não sejam vítimas de violência”.

No mês de abril, os profissionais do PSE iniciaram um trabalho sobre a temática levando o problema da violência para discussão numa reunião que envolveu os pais dos alunos. A participação foi bastante positiva dentro da ótica do esclarecimento e assistência oferecidos pelas redes municipais de saúde e educação. “O objetivo é ajudar a criança vítima de violência assim como preveni-la a partir da mudança de postura dos pais no cotidiano da vida e da formação dos filhos”, explica a coordenadora do PSE, Lívia Mello.


Programa Saúde na Escola - Além da saúde bucal e do cuidado oftalmológico através do projeto Olhar Recife (em parceria com a Secretaria de Educação), o PSE incorporou a imunização, a redução de danos com o consumo de álcool e outras drogas, a prevenção aos acidentes de trânsito e às violências, a prevenção às DST/Aids e as doenças negligenciadas (hanseníase, filariose e helmintíase) como novos eixos prioritários do programa. Essas sete prioridades foram escolhidas conforme os resultados observados na Pesquisa Nacional de Saúde Escolar, realizada pelo IBGE em 2009. Pelo levantamento, por exemplo, Recife é a segunda capital brasileira em que existe maior percentual de escolares que já experimentaram drogas ilícitas, tais como maconha, cocaína, crack e loló. O índice é de 11%, perdendo apenas para Curitiba, com 13,2%. No tocante à violência física, o município aparece em 9º lugar no ranking das capitais com estudantes do sexo masculino do ensino fundamental afirmando terem se envolvido em briga nos últimos 30 dias e na qual alguém foi agredido fisicamente (18,2%). Já em matéria de saúde sexual e reprodutiva, a capital pernambucana apresenta o terceiro pior índice brasileiro de jovens que usaram camisinha na última relação: 69,8%.

O PSE trabalha com os alunos da Rede Municipal de Ensino no sentido de tornar a escola um ambiente promotor de saúde, por meio de ações de prevenção, promoção e atenção à saúde, buscando a redução das desigualdades e da vulnerabilidade e dos riscos à saúde. A partir da definição desses novos eixos prioritários, estamos incentivando as escolas a incorporarem dentro do seu projeto pedagógico a discussão sobre essas temáticas em sala de aula e a realização de atividades permanentes dentro do ambiente escolar”, explica Lívia Mello.

Atualmente, 20 escolas municipais inseridas na área de atuação do Programa de Saúde da Família são contempladas pelo PSE. Isso porque, para cada um delas, há uma equipe de PSF responsável pelos escolares. Os colégios estão distribuídos em todas as regiões da Cidade, nos bairros de São José, Coelhos, Santo Amaro e Ilha Joana Bezerra (Centro); Fundão, Água Fria, Campo Grande e Linha do Tiro (Zona Noroeste), Nova Descoberta, Brejo de Guabiraba, Dois Irmãos, Macaxeira e Passarinho (Zona Norte), Torrões (Zona Oeste); Areias (Zona Noroeste) e Ibura e Cohab (Zona Sul). Nesses espaços, a Secretaria de Saúde já vem avaliando as condições socioepidemiológicas em saúde bucal, tratando dos problemas odontológicos e desenvolvendo atividades preventivas para estimular hábitos saudáveis entre os escolares.

Matérias Relacionadas
- Audiência pública discute o crack na Câmara de Vereadores do Recife
- Saúde alerta a população para último dia para vacinação contra a gripe
- Programa Saúde na Escola realiza ação saudável na Escola Municipal dos Coelhos
- PCR convoca a população a entrar na Campanha Recife Solidário
- Encontros microrregionais preparam RPAs para a 10ª Conferência de Saúde do Recife
- Recife discute anemia falciforme com representantes do Nordeste
- Recife recebe oficina sobre orientação genética com foco em anemia falciforme
- Saúde capacita comerciantes informais de alimentos de Jardim São Paulo
- Vítimas das chuvas recebem assistência da Secretaria Municipal de Saúde
- Imunização contra a Influenza segue no Recife
- SAD Recife realiza oficina para profissionais da Rede Municipal de Saúde
- Saúde discute assédio moral e suas consequências
- Assédio moral no trabalho é tema de evento exclusivo na Prefeitura do Recife
- Profissionais de condomínios do Recife passam por sensibilização sobre dengue
- PCR com inscrições abertas para evento sobre assédio moral
- Agentes de saúde divulgam combate à dengue em shoppings no Recife
- Dia D contra a Gripe recebe crianças, idosos e gestantes nas unidades de saúde do Recife
- Shoppings se engajam no combate à dengue no Recife
- Secretaria de Saúde comemora 100 anos de vida de usuária no Ibura
- Usuária completa 100 anos de vida e ganha comemoração especial em posto de saúde


Enviar    Imprimir