Atalhos de navegação:

    Saúde     Prefeitura participa da Campanha de Doação de Órgãos e Tecidos de Pernambuco Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Saúde

PREFEITURA PARTICIPA DA CAMPANHA DE DOAÇÃO DE ÓRGÃOS E TECIDOS DE PERNAMBUCO
00:00 Segunda-feira, 16 de Maio de 2011

Fotos:Ivanildo Francisco
Campanha contará com o apoio da Secretaria de Saúde do Recife
Campanha contará com o apoio da Secretaria de Saúde do Recife
Abertura do evento aconteceu na sede do Samu
Abertura do evento aconteceu na sede do Samu

Samu, Academia da Cidade e Centro Médico Ermírio de Moraes estão incluídos na campanha

Por Tádzio Estevam

A Campanha Anual de Doação de Órgãos e Tecidos, promovida pela Central de Transplantes do Estado (CTPE), contará com o apoio efetivo da Secretaria de Saúde do Recife. A abertura do evento aconteceu na sede do Serviço Móvel de Urgência (Samu/192) e contou com participação do assessor executivo da Secretaria de Saúde do Recife, Tiago Feitosa; do diretor do Samu Recife, Leonardo Gomes; além de toda a equipe médica do órgão, representantes da Central, como a diretora Zilda Cavalcanti, e pessoas transplantadas, como o famoso torcedor do Sport Clube do Recife, Zé do Rádio.

De acordo com Tiago Feitosa, o engajamento da PCR na campanha independe de setores. “Nossa secretaria estará totalmente articulada com a campanha, isso em todas as áreas como Samu, Atenção Básica, Especializada, entre outros dispositivos. Hoje entendemos a importância do gesto enquanto gestão e informamos que também temos estrutura de atender a Central com relação ao transplante de córnea, por meio do Banco de Olhos, o único em atuação no Estado, com exceção da unidade que atente ao Vale do São Francisco”, disse.

A campanha deste ano contará com alguns dispositivos da Secretaria de Saúde do Recife como Samu, Academia da Cidade e o Centro de Saúde Ermírio de Moraes – referência em oftalmologia no Recife. Para o Serviço Móvel de Urgência, foi realizada, logo após a abertura do evento, uma palestra proferida pela diretora da Central, Zilda Cavalcanti, sobre o funcionamento da instituição. Foram apresentados os números de transplantes, fila de espera, procedimentos e sensibilização. O intuito é que os profissionais que trabalham nas ocorrências repassem as informações à população. “O Samu conta com mais de 100 funcionários, entre médicos, enfermeiros e técnicos, que estão empenhados em salvar vidas, sejam elas direta ou indiretamente”, comentou.

Já os profissionais do Academia da Cidade estarão engajados na campanha com orientações para os usuários que frequentam as aulas de ginástica. Nesta terça (17), a ação de incentivo à doação acontecerá em dois polos: Jardim São Paulo e Boa Viagem. Entre as 6h e 8h (Jardim São Paulo), e 17h e 20h (Boa Viagem), profissionais do Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (REDOME) farão coleta de sangue para identificar, orientar e sensibilizar os possíveis doadores de medula óssea. Contudo, ainda haverá distribuição de material informativo e esclarecimento à população sobre a temática. Carros de som passarão pelas principais ruas dos bairros chamando a comunidade para o evento.

A córnea - Parte anterior transparente e protetora do olho, localizada na região polar anterior do globo ocular, lidera o ranking de doação e transplantes. No Recife, a captação e preparo desse tecido conta com um espaço altamente adequado para o procedimento, o Banco de Olhos do Recife (BORE). Por isso, na próxima quarta-feira (18), a partir das 9h, acontecerá uma parada e panfletagem em frente do Banco, que funciona nas dependências do Centro de Saúde Ermírio de Moraes (Avenida 17 de Agosto, s/n, Casa Forte). Lá os técnicos do REDOME também farão exames de sangue para identificar doadores.

BORE – O Banco de Olhos do Recife foi criado em 2001 e é o único da Região Metropolitana que atende à maioria das demandas de Pernambuco, com exceção da unidade que atende ao Vale do São Francisco. A média mensal de doações chega a 50. Por mês, são realizados aproximadamente 100 transplantes. A equipe, formada por profissionais da Secretaria de Saúde do Recife trabalha 24 horas por dia, em regime de plantão no Hospital da Restauração, referência em traumatologia em Pernambuco. Ao todo, oito técnicas estão capacitadas para abordar parentes de doadores, captar o tecido, fazer o transporte adequado e prepará-lo para o transplante respeitando todas as normas da Associação Panamericana de Banco de Olhos. Além das técnicas, a equipe ainda é formada por médicos e enfermeiros. Segundo a diretora da instituição, Ana Catarina Delgado, os resultados do banco são animadores. “Temos muito a comemorar. Há dois anos, as pessoas na fila de espera aguardavam em média quatro anos para receberem uma córnea. Atualmente, essa espera caiu para de um até seis meses. Contudo, esse prazo ainda precisa ser menor”, disse.

Matérias Relacionadas
- Recife prorroga campanha de vacinação contra a gripe
- Samu Recife qualifica equipes da Academia da Cidade sobre atendimento pré-hospitalar
- Oficina discute o papel dos cuidadores e parentes de pacientes do SAD
- Samu Recife oferece curso de atendimento pré-hospitalar para professores da Academia da Cidade
- Recife prorroga campanha de vacinação contra a gripe
- Prefeitura do Recife financia pesquisa inédita sobre consumo de álcool e trânsito
- Conselho de Saúde acompanha audiência pública de combate ao crack
- Audiência pública discute o crack na Câmara de Vereadores do Recife
- Saúde alerta a população para último dia para vacinação contra a gripe
- Alunos da Rede Municipal recebem ações do Programa Saúde na Escola
- Programa Saúde na Escola realiza ação saudável na Escola Municipal dos Coelhos
- PCR convoca a população a entrar na Campanha Recife Solidário
- Encontros microrregionais preparam RPAs para a 10ª Conferência de Saúde do Recife
- Recife discute anemia falciforme com representantes do Nordeste
- Recife recebe oficina sobre orientação genética com foco em anemia falciforme
- Saúde capacita comerciantes informais de alimentos de Jardim São Paulo
- Vítimas das chuvas recebem assistência da Secretaria Municipal de Saúde
- Imunização contra a Influenza segue no Recife
- SAD Recife realiza oficina para profissionais da Rede Municipal de Saúde
- Saúde discute assédio moral e suas consequências


Enviar    Imprimir