Atalhos de navegação:

    Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico     Prefeitura do Recife participa da implementação de Fórum sobre Economia Solidária Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico

PREFEITURA DO RECIFE PARTICIPA DA IMPLEMENTAÇÃO DE FÓRUM SOBRE ECONOMIA SOLIDÁRIA
00:00 Quinta-feira, 26 de Maio de 2011

Luciano Ferreira
Objetivo é instalar o Fórum de Economia Popular Solidária do Recife
Objetivo é instalar o Fórum de Economia Popular Solidária do Recife

Encontro debate os rumos da economia solidária no Município, além da criação do regimento interno e da coordenação do Fórum

Foi realizada, durante a manhã desta quinta-feira (26), no auditório da Faculdade Frassinette do Recife (Fafire), localizada no bairro da Boa Vista, a abertura do I Seminário do Fórum de Economia Popular Solidária do Recife. O objetivo é instalar o Fórum de Economia Popular Solidária do Recife (FEPS), com discussões sobre os rumos da economia solidária no Município, além da criação do regimento interno e da coordenação do Fórum. O encontro reúne empreendedores de economia solidária, entidades de apoio e fomento e gestores públicos dos níveis estadual e municipal organizados em rede.

Na mesa de abertura estiveram presentes o secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico, José Bertotti; a representante da Secretaria Nacional de Economia Popular e Solidária, Rosa Carolina Reis; a representante do Fórum Nacional de Economia Solidária, Ana Dubeux; a representante do Fórum Estadual de Economia Popular Solidária, Carla Lorena; a diretora adjunta de extensão da Fafire, Inez Fornari; a representante das entidades de apoio e fomento, Adélia Albuquerque; e o representante dos empreendimentos, Jorge Sena.

A chefe de seção de Economia Solidária da Superintendência do Trabalho, Rosa Carolina Reis, comentou que o FEPS sempre foi uma reivindicação dos empreendedores. Ela explicou que “a criação do Fórum está sendo um registro do que já vinha acontecendo na Cidade. Com a implantação da entidade, a tendência é de que os grupos fiquem mais organizados, proporcionando um maior desenvolvimento para os empreendimentos”.

O secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico, José Bertotti, iniciou as apresentações na mesa de abertura falando sobre a dimensão e importância da economia solidária para o Município. Para ilustrar esse valor contou: “durante a inauguração de uma nova unidade industrial atuante no ramo do aço, em Pernambuco, foi divulgado que 90% da matéria prima utilizada é adquirida por meio da reciclagem. E quem fornece esse material são as cooperativas e as associações que trabalham em condições bastante adversas”. O secretário concluiu informando que a criação do Fórum é importante para que, a partir das propostas debatidas no encontro, a Prefeitura do Recife possa implementar políticas públicas que fortaleçam a economia solidária no Município.

A representante do Fórum Nacional de Economia Popular e Solidária e professora da UFRPE, Ana Dubeux, falou da satisfação que sente em cada debate sobre a temática e comentou sobre a articulação entre os setores: “o que é importante é a unidade, é o modo como podemos estabelecer as relações entre as políticas públicas nacional, estadual e municipal e os espaços de discussão e de articulação dos envolvidos com o setor”. Ela informou que uma pesquisa preliminar detectou 22 mil grupos e dois milhões de empreendedores espalhados em todo o Brasil. Pernambuco conta com 1,5 mil empreendedores.

A implementação do Fórum para os empreendimentos é fundamental para a atuação no estímulo ao desenvolvimento e disseminação dos empreendimentos no Recife”, explicou o representante dos grupos, Jorge Sena. Segundo ele, o Fórum municipal irá contribuir e fortalecer o Fórum estadual. O seminário conta com a parceria da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico; da Superintendência Regional do Trabalho; Ministério do Trabalho e Emprego; e do Banco do Brasil; e é apoiado pela Fafire e a Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários (Unisol).

O evento continua nesta sexta-feira (27), das 8h às 17h. Pela manhã, uma caminhada seguirá da Fafire até a Assembleia Legislativa, onde acontecerá uma audiência pública sobre a Economia Solidária. À tarde, na faculdade, será realizada a votação do regimento interno e a composição da coordenação do FRPS.

Matérias Relacionadas
- Recife lança Fórum de Economia Popular Solidária
- Artesãos recebem carteiras de identificação do Prodarte
- Recife tem curso gratuito de empreendedorismo
- Prodarte entrega carteiras de identificação a artesãos
- PCR lança edital para selecionar empresa executora do PlanTeQ
- Prefeitura capacita empreendedores que atuam no bairro do Recife
- Secretário de Desenvolvimento Econômico participa de reunião do CME
- PCR comemora mês do trabalhador em evento no Pátio do Carmo
- Atendimento do Banco do Povo Volante foi suspenso
- Santo Amaro recebe ação do Banco do Povo Volante
- Banco do Povo realiza atendimento no Alto José Bonifácio
- Atendimento volante do Banco do Povo chega ao Alto José Bonifácio
- Capacitação prepara atendentes do Sistema Público para utilizar o MTE/ Mais Emprego
- Agentes de Desenvolvimento da PCR participam de mais uma capacitação
- PCR realiza segundo encontro para instalação do Fórum das Microempresas no Município
- Prefeitura promove segundo encontro preparatório para o Fórum Permanente das Microempresas
- Prefeitura realiza entrega dos certificados do PlanTeQ
- Secretário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico do Recife recebe artista plástica Taciana Gomes
- Associações trocam experiências em encontro
- Prefeitura sedia capacitação em elaboração de projetos de Ciência e Tecnologia


Enviar    Imprimir