Atalhos de navegação:

    Saúde     Vacinação contra poliomielite e sarampo começa com festa no Recife Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Saúde

VACINAÇÃO CONTRA POLIOMIELITE E SARAMPO COMEÇA COM FESTA NO RECIFE
15:03 Sábado, 18 de Junho de 2011

Lú Streithorst
Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite e Sarampo
Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite e Sarampo
Campanha foi aberta oficialmente na manhã deste sábado (18) pelo assessor executivo da Secretaria Municipal de Saúde

Por Larissa Correia


Com 15 dias de vida, a pequena Ana Klara Costa teve um ‘compromisso’ logo cedo neste sábado (18): ser imunizada contra a paralisia infantil. Levada pela mãe, a cabeleireira Ana Kalina, ela recebeu as duas gotinhas que previnem contra a doença no Centro de Saúde Professor Joaquim Cavalcanti, nos Torrões. A unidade foi escolhida pela Prefeitura do Recife para a abertura da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite e Sarampo.

Na chegada, profissionais da Academia da Cidade fizeram um acolhimento com o público. Em seguida, para animar a criançada, o Palhaço Bobó distribuiu balões, bombons, pipocas e muitas risadas. Além de decoração especial, no som, músicas que agradavam a pessoas de todas as idades.

A sociedade tem que estar mobilizada. Não é por não termos mais casos das duas doenças que poderemos descuidar e deixar de vacinar nossas crianças. A pólio ainda é encontrada em muitos países da África e Ásia e não podemos correr o risco de o vírus ser reintroduzido no Brasil. No caso do sarampo, a Europa atualmente vive uma epidemia da doença. E como o Recife recebe um grande fluxo de turistas vindos de lá, todos os cuidados devem ser tomados”, destacou Tiago Feitosa, assessor executivo da Secretaria Municipal de Saúde.

Na capital pernambucana, contra a pólio, deverão ser imunizadas 103.695 crianças com menos de cinco anos de idade. A mobilização contra o sarampo é destinada a 121.656 meninos e meninas entre um e menos de sete anos de idade. A meta do Ministério da Saúde é atingir 95% da garotada, que deverá ser levada aos locais da campanha mesmo que já tenha recebido a vacina anteriormente.

Exclusivamente neste sábado, a PCR disponibilizou cerca de 500 postos, entre fixos da rede e volantes, instalados em espaços como hipermercados, associações comunitárias, escolas e shopping centers. Aproximadamente quatro mil pessoas estão envolvidas na ação. Depois, as vacinas estarão disponíveis somente nas unidades municipais de saúde, de segunda a sexta.

Pernambuco é um dos Estados brasileiros que imunizarão contra sarampo neste sábado – também serão contemplados Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. O Distrito Federal e os demais estados realizarão o processo em 13 de agosto, quando ocorrerá a segunda etapa da vacinação contra a pólio.
No caso do sarampo, a vacina é a tríplice viral, que protege também contra caxumba e rubéola. Os Estados que participarão da mobilização nesse primeiro momento foram escolhidos por apresentarem alto índice de turistas, grande densidade populacional e/ou baixa cobertura vacinal”, acrescentou Elizabeth Azoubel, coordenadora municipal do Programa Nacional de Imunização.

A estratégia anual de campanha nacional em duas etapas de vacinação contra a poliomielite foi adotada pelo Brasil em 1980, servindo de exemplo para outros países. Graças a ela, o País está livre dos vírus causador da doença desde 1989, quando o último caso foi registrado em Souza, na Paraíba. O sarampo ainda está a caminho da erradicação em território brasileiro.

Sobre poliomielite – É uma doença infectocontagiosa grave, causada e transmitida pelo poliovírus. A infecção ocorre, principalmente, por via oral. Na maioria das vezes, a criança não morre quando é infectada, mas adquire lesões sérias que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia, principalmente nos membros inferiores. Existe de forma endêmica no Afeganistão, Índia, Nigéria e Paquistão e em outros 22 países, como Angola, Uganda, Sudão, Libéria e Senegal.

Sobre sarampo – Causada pelo Morbili vírus, é uma enfermidade aguda e altamente contagiosa. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções expelidas pelo doente ao tossir, falar ou respirar. O período de contágio varia de quatro a seis dias antes e até quatro dias após o aparecimento de manchas avermelhadas pelo corpo.  É uma das mais graves das doenças comuns da infância.
 
Matérias Relacionadas
- Secretaria de Saúde do Recife promove ações durante festividades do São João 2011
- Conselho de Saúde do Recife debate condições das unidades da rede
- Criançada deverá ser vacinada contra poliomielite neste sábado (18)
- Saúde vacina a criançada contra poliomielite e sarampo neste sábado (18)
- Moradores de residências terapêuticas do Recife participam de encontro
- Conselho Municipal de Saúde do Recife participa da implantação do Conselho Gestor no CVA
- Saúde do Recife dá seguimento à capacitação sobre tabagismo
- Saúde vacina a criançada contra poliomielite e sarampo neste sábado (18)
- Experiências exitosas da Rede de Atenção Básica do Recife são apresentadas durante seminário
- Rede de Atenção Básica comemora um ano do Núcleo de Apoio à Saúde da Família
- Modelo de Atenção às Pessoas com Doença Falciforme do Recife representará o Brasil na França
- Arraiá Solidário da Academia da Cidade antecipa o São João na Lagoa do Araçá
- Academia da Cidade promove arraial no polo da Lagoa do Araçá
- Secretaria de Saúde abre a 18ª Residência Terapêutica no Recife
- Vigilância Sanitária do Recife alerta sobre compra de comidas típicas do ciclo junino
- Academia da Cidade promove arraial no polo da Lagoa do Araçá
- Experiência do Samu Recife em resgate aeromédico é apresentada em curso no Maranhão
- Lançamento de filme sobre dengue lota o Santa Isabel
- Combate à dengue ganha nova ferramenta no Recife
- Prefeitura do Recife apresenta filme educativo sobre a dengue


Enviar    Imprimir