Atalhos de navegação:

    Educação, Esporte e Lazer     Seel promove mais uma formação para Promotores da Paz Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Educação, Esporte e Lazer

SEEL PROMOVE MAIS UMA FORMAÇÃO PARA PROMOTORES DA PAZ
17:51 Segunda-feira, 12 de Dezembro de 2011

O encontro será realizado durante toda essa semana

A Secretaria de Educação, Esporte e Lazer (Seel), promove, até a próxima sexta-feira (16), mais um módulo de formação para os 212 “Promotores da Paz” que integram o Programa Escola Segura do Recife. Os “promotores” receberão capacitação no Centro de Formação de Educadores Professor Paulo Freire, na Madalena, no horário das 08h às 12h e das 13h30 às 17h30. Este é o segundo Encontro de Formação para este segmento, formado por estagiários dos cursos de Psicologia, Direito e Serviço Social, integrantes do Programa Escola Segura do Recife.

Os “Promotores” atuam como divulgadores da cultura da paz e mediadores de pequenos conflitos em 53 escolas da Rede Municipal de Ensino onde há maiores índices de vulnerabilidade social. O Programa beneficia mais de 34 mil estudantes da Rede. Neste segundo módulo de formação, os estagiários serão qualificados nos quesitos de educação fiscal, depredação do patrimônio público, formação da Brigada de Emergência Escolar, prevenção de acidentes como quedas e choques elétricos, abuso sexual, gravidez precoce, primeiros socorros e segurança nas escolas e entorno.

Durante a abertura do Encontro, na manhã desta segunda-feira, a coordenadora do Escola Segura, Lúcia Andrade, analisou os primeiros meses das ações dos promotores nas unidades educacionais. “O Programa foi lançado pelo prefeito João da Costa  no dia 06 de setembro deste ano. Os promotores têm acompanhado as escolas e vivenciado a cidadania. Hoje, estamos avaliando as forças e oportunidades, como também as fraquezas e ameaças de cada ambiente escolar detectadas nesses três primeiros meses de atuação”, conta a coordenadora.

Fátima Lopes é uma das “promotoras da paz”. Ela é estudante do 4º período de Psicologia, da Faculdade de Ciências Humanas de Olinda (Facho) e nas escolas do Recife vem utilizando vídeos, além de muito diálogo com os estudantes. “No começo encontramos algumas difilculdades. Algumas crianças têm um histórico de agressividade que já vem de casa. Por isso nós ‘promotores’, antes de tudo, temos que trabalhar em conjunto com as famílias”, afirma. Fátima e mais três estudantes universitárias vêm acompanhando a Escola Municipal Ana Maurício Wanderley, situada no bairro de Água Fria. A formação seguiu com a exibição de um documentário intitulado “Criança, alma do negócio”.

A técnica do centro de apoio Operacional da Promotoria de Defesa do Consumidor do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Janaina Negreiros, que apresentou o filme, explicou que um dos precursores da violência é a exacerbação da cultura do consumo. “A criança deseja o que a publicidade mostra e quando não possui recursos para comprar termina ficando frustrada, podendo ser, inclusive, introduzida na criminalidade”, explica a técnica. A secretária de Educação, Esporte e Lazer, Ivone Caetano, explica a importância deste tipo de ação nas escolas. “Nossos estudantes, muitas vezes, vêm de realidades muito difíceis e a escola precisa estar preparada para lidar com as inquietações deles. Além da educação formal, a escola também tem o papel de formar bons cidadãos para o mundo. Atitudes violentas como brigas, bullying e preconceito precisam ser combatidas ainda na escola”, concluiu.

O II Encontro de Formação para os Promotores da Paz é promovido pela Prefeitura do Recife, por meio do Núcleo de Enfrentamento à Violência Escola Segura, da Seel, em ação conjunta com as secretarias municipais de Saúde, Assistência Social, Direitos Humanos e Guarda Municipal, em parceria com o Tribunal de Justiça de Pernambuco, por meio do Juizado da Infância e da Juventude; Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Corpo de Bombeiros, Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), por meio do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) e Patrulha Escolar; Escola de Administração Fazendária (ESAF); Faculdade Olindense de Ciências Contábeis e Administrativas (Fooca); Conselhos Tutelares e demais instituições governamentais e não-governamentais comprometidas com a cultura da paz.

Na próxima quarta-feira (14), acontece em todo o Brasil, a Semana Nacional de Conciliação e o Juizado da Infância e Juventude se mobilizará para a resolução dos casos de abuso sexual e violência física, detectados pelos Promotores da Paz. O mutirão tem a participação de universitários dos cursos de Direito das faculadaes Olindense de ciências Contábeis e Administrativas (Fooca), Universo e Maurício de Nassau.

Saiba mais sobre o Escola Segura do Recife aqui

O Núcleo e a sua prática aqui

Relação das escolas municipais integrantes do Escola Segura aqui

Matérias Relacionadas
- Prefeitura leva mães, pais, alunos e professores para ouvir a Cantata Natalina
- Prefeitura do Recife promove encontro para discutir melhorias nos equipamentos de lazer
- Prefeitura abre matrículas para o ano letivo de 2012
- Projeto Rede Jogos na Educação Matemática encerra suas atividades de 2011
- Cantata Natalina é apresentada para famílias beneficiárias do Bolsa Escola
- Projeto "Rede Jogos na Educação Matemática" encerra suas atividades de 2011
- Alunos da Escola Arraial Novo do Bom passam por mais uma etapa do Qualiescola II
- Programa Qualiescola II realiza 1ª Avaliação Diagnóstica
- Programa “Telinha na Escola” exibe curtas produzidos por estudantes
- Estudantes da Rede apresentam vídeos do Telinha na Escola Recife 2011
- Estudantes da Rede Municipal expõem trabalhos de arte
- Centro Paulo Freire abriga a exposição Um Chá de Arte
- Concurso de Contos Luis Jardim divulga vencedores
- Prefeitura abre concurso público para professores e auxiliares de desenvolvimento infantil
- Secretaria de Educação promove formação sobre racismo institucional
- Escola para Pais promove mais dois encontros com beneficiários do Bolsa Escola
- Prefeitura capacita gestores para o combate ao racismo institucional
- Estudantes da Rede expõem no Centro Paulo Freire
- Prefeitura apresenta projeto de CMEI à comunidade da UR-5
- Prefeitura promove mais um ciclo de Palestras do “Escola para Pais”


Enviar    Imprimir