Atalhos de navegação:

    Educação, Esporte e Lazer     Experiências do Programa de Correção de Fluxo Escolar são apresentadas no Paulo Freire Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Educação, Esporte e Lazer

EXPERIÊNCIAS DO PROGRAMA DE CORREÇÃO DE FLUXO ESCOLAR SÃO APRESENTADAS NO PAULO FREIRE
00:00 Quarta-feira, 21 de Dezembro de 2011

Fotos: Irandi Souza
Encontro contou com a presença de 92 escolas municipais
Encontro contou com a presença de 92 escolas municipais
Mariza Augusta, gerente de 1º e 2º ciclos da Seel
Mariza Augusta, gerente de 1º e 2º ciclos da Seel

Por Suzan Vitorino

Professores e estudantes de 92 escolas municipais se reuniram, durante todo o dia de hoje (21), para socializar as experiências vividas ao longo do ano no Programa de Correção de Fluxo Escolar, da Gerência de 1º e 2º ciclos da Secretaria de Educação, Esporte e Lazer (Seel). O evento contou com exposição de banners, oficinas de jogos de linguagem e relatos de experiências. O Programa de Correção de Fluxo Escolar foi implantado na Prefeitura do Recife em 2010, numa parceria com o Ministério da Educação (MEC) e Instituto Ayrton Senna (IAS), com o objetivo de minimizar a distorção idade/ano de estudantes da Rede Municipal de Ensino do Recife.

“O grande diferencial do Programa é sua dinâmica. São dois projetos: Se Liga e Acelera Brasil. O professor conta com o apoio do estagiário em sala de aula, um supervisor que monitora quatro escolas municipais, além do planejamento quinzenal entre professor, supervisor e equipe técnica da Gerência”, explica Mariza Augusta, gerente de 1º e 2º ciclos da Seel. Entre as atividades do Programa estão rodas de leitura diárias, oficinas de linguagem, utilização de jogos e leitura obrigatória de livros paradidáticos.

A Escola Municipal de Nova Descoberta foi uma das participantes do Programa em 2011. Numa das atividades elaboradas pelo Programa, a professora Clécia Albuquerque levou os alunos ao Horto de Dois Irmãos, com o objetivo de conhecer os animais e identificar quais os que estão em risco de extinção, além de conhecer o habitat e os hábitos alimentares dos animais. Já a Escola Municipal Presbítero José Bezerra preferiu implantar rodas de leitura. A professora Betânia Melo coordenou a atividade, com o intuito de formar leitores capazes de discutir o conteúdo de um texto e aprimorar o senso crítico.

Uma das coordenadoras do Correção de Fluxo, Verônica Duarte, explica o cronograma do Programa ao longo do ano. “Foram 17 encontros em 2011, 135 professores envolvidos e 27 supervisores. O estudante tem um momento a mais para desenvolver habilidades de leitura e raciocínio lógico”, pontua. O Correção de Fluxo começou em 2010, atendendo a 1229 estudantes da Rede Municipal, nas modalidades Se liga e Acelera Brasil. Em 2011, o Programa foi ampliado, acolhendo 2444 alunos, de 92 unidades educacionais.

Matérias Relacionadas
- Vice-Prefeito recebe cumprimentos pelo seu aniversário
- Escola Cecília Meireles recebe representantes da Inmed
- Crianças da Creche Dornelas Câmara comemoram o Natal
- Escola Ambiental comemora oito anos de atividades
- Grandes nomes do frevo são homenageados na Escola Engenho do Meio
- II Sementec é concluído com destaques para os avanços em tecnologia em 2011
- Escola da Prefeitura do Recife é considerada modelo nacional de Educação Alimentar
- Undime completa 25 anos e realiza seminário
- João da Costa participa de Confraternização Solidária dos servidores da Educação
- Papai Noel faz a alegria das crianças no prédio da PCR
- Secretária de Educação acompanha alunos e profissionais da Escola Florestan Fernandes em Caminhada pela Paz
- Prefeitura do Recife apóia seminário da Undime-PE
- Secretaria de Educação realiza II Sementec
- Últimos dias de inscrições para concurso de Professor I e ADI
- Alunos da Escola Florestan Fernandes saem às ruas na II Caminhada pela Paz
- Poesia de Natal
- Escola Municipal Mundo Esperança promove Manhã Solidária
- Estudantes do CMEI Paulo Rosas lançam livro infantil
- Escola Segura e Escola Legal realizam mutirão de conciliação
- Projeto Canais do Recife é apresentado em palestra a estudantes de escola municipal


Enviar    Imprimir