editorial
RECIFE , CAPITAL DO FREVO E DA ALEGRIA
Manoel Constantino - editor

Editorial


Basta um acorde, um batuque, um clarim convocando os foliões para todo o Recife se enfeitar. É carnaval e é por isso que a alegria já paira no ar desde o ano novo. Por isso que aqui cabe lembrar estrofes de um dos frevos do Bloco Batutas de São José, um dos ícones do carnaval recifense que, infelizmente, este ano, não estará nas ruas da cidade e para que não percamos sua história, lembramos : "Um frevo desses que faz demais a gente se distinguir. Deixa o frevo rolar. Eu só quero saber. Se você vai ficar. Ai, meu bem, sem você. Ai, não há carnaval. Vamos cair no passo. E a vida gozar."
Manoel Constantino
editor