PREFEITURA DO RECIFE   GESTÃO AMBIENTAL


Jardim Botânico: Breve Histórico

O Jardim Botânico do Recife (JBR) foi criado no ano de 1960, a partir da reformulação do Parque Zoobotânico do Curado, que fazia parte da Mata do antigo Instituto de Pesquisa Agropecuária do Nordeste - IPEANE. Nesta época o JBR passou a ser de responsabilidade da Prefeitura Municipal do Recife.

Desde estão é um testemunho vivo da biodiversidade da Mata Atlântica, que junto à restinga e os manguezais, cobria o sítio original do Recife.

As várias realizações nas áreas de pesquisa científica, conservação e educação ambiental, possibilitaram a admissão do JBR na Rede Brasileira de Jardins Botânicos, RBJB, e, por intermédio dessa, na Botanic Gardens Conservation Internacional, BGCI.

Ocupando uma área de 10,7ha, o Jardim Botânico compõe uma parte da Unidade de Conservação Municipal denominada Matas do Curado, uma área de 113,6ha pertencentes, em sua maioria, ao patrimônio do Exército.

Jardim Botânico: Quadro Atual

Atualmente o Jardim Botânico desenvolve as atividades em educação ambiental, como caminhadas ecológicas, exposição permanente da mata atlântica, exibição de vídeos com temas ambientais e visitas aos viveiros de plantas medicinais e florestais. Possui ainda um orquidário para visitação, produção e permuta de orquídeas e um meliponário de abelhas nativas.

Mesmo com esses atrativos, o JBR é pouco conhecido pela população, por causa da inexistência de campanhas promocionais. O público que visita o Jardim Botânico é formado basicamente por estudantes das escolas do Recife (públicas e privadas) e, durante os finais de semana, por famílias.


Visgueiro: árvore símbolo do JB


Jardim Botânico: O que encontrar



VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL