Prefeitura da Cidade do Recife Sábado, 15 de Agosto de 2009 
Cultura 
 
Recitata escolhe melhores performances
 Fechar Janela
 

  Inaldo Lins
Grande final aconteceu no Pátio de São Pedro
  Grande final aconteceu no Pátio de São Pedro

Os melhores poetas e declamadores classificados nos dois primeiros dias da 4ª RECITATA disputaram a finalíssima, na noite desta sexta-feira (14),  no Pátio de São Pedro, encerrando em grande estilo a competição. Pelo júri popular, o vencedor foi Ismael Gaião da Costa, com a nota máxima (10,0). Já o júri especializado elegeu João Flávio Cordeiro da Silva, o Miró, como grande campeão do torneio.

Segundo o secretário de Cultura, Renato L - que anunciou os vencedores junto com a gerente de Literatura e Editoração da Fundação de Cultura, Heloisa Arcoverde - o ecletismo de estilos e a mudança de local fizeram a diferença nesta edição do concurso. “Este ano tivemos várias vertentes diferentes de performances poéticas e achei bem sucedida a mudança para o Pátio de São Pedro, pois ajuda a valorizar esse espaço e os próprios poetas”, comentou Renato.

 
Numa noite de confraternização da poesia, veteranos e jovens poetas dividiram o palco. Mais do que uma competição de rivalidade, a RECITATA proporcionou a integração dos participantes, como destacou Pedro Américo, que apesar de não ligar para a disputa, sagrou-se terceiro colocado na opinião do  júri especializado, recitando e cantando o poema Cada Poema um Calote nos Males da Existência. “Estou aqui muito esportivamente, pois entrei para curtir o festival. Pra mim é um grande prazer participar com todo esse pessoal como quem está na rabeira da São Silvestre me confraternizando com os mais cansados”, brincou o poeta antes de saber que, na verdade, chegaria no pelotão de frente desta corrida poética.

Emocionado, o poeta Miró, que sempre traduziu e dissecou a cidade do Recife em seus poemas, foi cronista de si mesmo ao comentar a escolha de seu nome. “Me sinto honrado e alegre de ver meu trabalho reconhecido, pois sempre lutei muito pela minha poesia”, disse. Os três primeiros lugares foram escolhidos pelo júri popular e especializado e receberão o prêmio durante a abertura oficial do Festival Recifense de Literatura – A Letra e A Voz, domingo (16), no Teatro de Santa Isabel.

Finalistas – João Flávio Cordeiro da Silva (Miró), Edivaldo Fernando dos Santos, Júnior José Vieira,  Ismael Gaião da Costa, Raisa Almeida Feitosa, Ana Maria Santos Duarte, José Luis Miranda Vieira, Valmir Jordão,  Biaggio Pecorelli, Welington José de Melo, Pedro Américo, Aline de Andrade Cavalcanti, Érica Batista de Oliveira, Francisco Pedrosa Galvão, Diogo Marcos Testa, Renata Santana, Arthur Rogério Coelho de Cavalcanti.

Vencedores

Júri Popular
3º lugar - Diogo Marcos Testa (nota 9,84)
2º lugar - Raisa Almeida Feitosa (nota 9,89)
1º lugar – Ismael Gaião da Costa (nota 10,0)
 
Júri Especializado
3º lugar – Pedro Américo (nota 8,94)
2º lugar – Diogo Marcos Testa (nota 9,40)
1º lugar – João Flávio Cordeiro da Silva (Miró) (nota 9,5)
 

 
http://www.recife.pe.gov.br/2009/08/15/mat_168080.php