Café Literário
 27/11/2008 - Vânia Maria Cavalcanti, Carminha Bandeira, Eliana Peixoto de Almeida 
Nome: Vânia Maria Cavalcanti, Carminha Bandeira, Eliana Peixoto de Almeida

Professoras da Rede Pública Municipal e (Carminha Bandeira) Gerente de Biblioteca e Formação de Leitores da FCCR

Data: 27/11/2008

PORTO DAS LETRAS MOSTRA PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE LEITORES


Foto: Inaldo Lins

O encontro mensal do Porto das Letras apresentou nesta quinta-feira (27) o Programa Manoel Bandeira de Formação de Leitores. Um grupo musical formado por crianças e adolescentes da Escola Municipal Poeta Joaquim Cardozo apresentou ao público na Gerência Operacional de Literatura e Editoração, no Bairro do Recife, um trecho da peça “Antônio Conselheiro”, do dramaturgo recifense. Antes, representantes de escolas municipais, como a própria Joaquim Cardozo e São João Batista, falaram sobre as experiências vividas nos seus respectivos estabelecimentos de ensino, quanto à formação de novos leitores. “Esse é o nosso objetivo maior: formar o leitor, a paixão pela literatura e como fomentar isso nas escolas, por meio do acesso à leitura”, justificou a gerente operacional de Literatura e Editoração da Fundação de Cultura Cidade do Recife (FCCR), Heloisa Arcoverde.

Na explanação da professora Eliana Peixoto de Almeida, da Escola Municipal São João Batista, todo o trabalho realizado vem mostrando um resultado além da expectativa. “O professor de biblioteca, assim como na sala de aula, demonstra o seu conhecimento sobre as necessidades do aluno, por meio das histórias contadas ou mesmo da produção de textos”, defendeu.

Já no relato da professora Vânia Maria Cavalcanti, da Escola Municipal Poeta Joaquim Cardozo, a transformação se dá por causa do empenho de todos os envolvidos no processo. “Os estudantes têm mostrado que podem exercer a leitura com criatividade e interesse em escrever e protagonizar futuras obras”, garantiu.

Titular da Gerência de Biblioteca e Formação de Leitores da FCCR, Carminha Bandeira defendeu que a literatura tem o seu espaço garantido no futuro do aprendizado, no Recife. “Percebo que a literatura ainda possui um lugar especial no contexto dos professores. A comunidade tem transformado a biblioteca numa escola viva. Isso sem falar que ela também é um espaço de produção autoral.” Para o poeta e freqüentador assíduo do Porto das Letras Elieser Rocha, estas ações só têm a contribuir para fomentar os leitores do amanhã. “Também faço isso para resgatar a literatura para os jovens”, contou.

Encerramento – A última reunião do Porto da Letras de 208 será realizada às 17h do próximo dia 18, naquele endereço. Na ocasião, haverá um lançamento da coletânea Recife Conto de Natal 2. Para que os participantes fiquem mais à vontade , Heloisa Arcoverde disse que vai disponibilizar mais espaço como cadeiras e mesas na calçada. “É bom para que as pessoas possam curtir com mais tranqüilidade a nossa última reunião”, confirmou.

Últimos
Nome Data
 Vânia Maria Cavalcanti, Carminha Bandeira, Eliana Peixoto de Almeida  27/11/2008
 Lançamento do Site do Porto das Letras e da Revista EITA!  11/11/2008
 Antônio Campos  25/07/2008
 Delmo Montenegro  26/06/2008
 Fernando Monteiro  27/05/2008
 Homero Fonseca  29/04/2008
 André Telles  14/03/2008
Página 1 de 1


Prefeitura do Recife / Secretaria de Cultura
e-mail: portodasletras.gole@gmail.com