Atalhos de navegação:

    Cultura     Banda Sinfônica comemora 50 anos com teatro lotado Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Cultura

BANDA SINFÔNICA COMEMORA 50 ANOS COM TEATRO LOTADO

Paulo Lopes
Cerimônia foi liderada pelo prefeito João Paulo
Cerimônia foi liderada pelo prefeito João Paulo
Paulo Lopes
Teatro do Parque ficou completamente lotado
Teatro do Parque ficou completamente lotado
Paulo Lopes
Acordes estavam afinadíssimos
Acordes estavam afinadíssimos

AUDIOS
Abertura da Ópera "O Guarani"
Leão do Norte
Gonzaga em Tom Maior ( Medley de Luiz Gonzaga)
Maluquinho
Melodia Sentimental
Segura Ele
Suite Pernambucana de Bolso
Homenagem a Tom Jobim
Assum Branco
Recife, Cidade Lendária
Fogoió - Homenagem a Sivuca
Bebê
Eco-Capibaribe

ARQUIVOS
Capa do CD

Uma noite de muita música, homenagens e emoção. A Banda Sinfônica da Cidade do Recife (BSCR) comemorou 50 anos de existência com o lançamento do seu primeiro CD, na noite desta terça-feira (08), numa cerimônia liderada pelo prefeito João Paulo e presença de autoridades, músicos e habitues. O Teatro do Parque, completamente lotado, foi o palco dessa noite memorável que marcou a consolidação da BSCR como uma das bandas sinfônicas mais importantes do país. Um projeto que foi resultado do incentivo da Prefeitura do Recife nos últimos oito anos e do trabalho do maestro Nenéu Liberalquino junto aos seus músicos no sentido de transformar a banda num conjunto sinfônico, com a abertura de concurso e acréscimo de instrumentos.

Ao chegar ao Parque, acompanhado do secretário de Cultura do Recife, João Roberto Peixe, o prefeito João Paulo foi surpreendido por dezenas de fãs da BSCR, no hall de entrada do teatro, que não tinham conseguido retirar os ingressos gratuitos disponíveis, desde as 19h, na bilheteria. Os 940 lugares foram ocupados em menos de uma hora. Preocupado em permitir o acesso de todos ao espetáculo, João Paulo quebrou o protocolo, subiu ao palco e perguntou à platéia se todos concordariam em abrir os portões do teatro aos que tinham ficado de fora. Assim, o prefeito convidou o público excedente a se acomodar em pé e com segurança, nas laterais da sala de espetáculo e cedeu, sua própria poltrona, a uma senhora com uma criança de colo.

Com todo o público já no interior do teatro, o prefeito declarou sua felicidade em estar conduzindo um projeto político iniciado em 2001, no qual as prioridades foram invertidas. Quando se vê um público desse, com tanta vontade de assistir a um espetáculo, é que se vê o quanto a alma do nosso povo é forte, disse João Paulo. Para o prefeito, o povo pernambucano dá um exemplo de resistência e de coragem através da manutenção de sua cultura. Vale salientar que muitas das pessoas presentes na platéia vêm do interior do estado especialmente para assistir aos concertos da Banda. Não podemos esquecer de todas as gerações aqui presentes, não só de profissionais, mas de amantes da música que vêm prestigiar a Banda Sinfônica e por isso o nosso governo sempre teve a sensibilidade de investir em cultura. João Paulo homenageou o ex-prefeito Pelópidas Silveira, recém falecido, com uma placa da PCR, entregue as suas filhas Hebe e Taís Silveira. Foi no governo de Pelópidas que a Banda teve sua fundação em 07 de outubro de 1958, tendo à frente o maestro Geraldo Menucci, também presente e homenageado com placa na cerimônia desta terça.

A PCR entregou placa a um representante de cada um dos três naipes (famílias de instrumentos) da Banda, além de homenagear regentes que já estiveram à frente da BSCR como os maestros Duda, Ricardo Normando, Luiz Caetano da Silva, Antônio Albuquerque, Ademir Araújo, Júlio de Oliveira Costa, José Genuíno Rocha e Lourival Oliveira (os três últimos em memória). O maestro Nenéu Liberalquino, atual regente da BSCR, também homenageado com placa, agradeceu à PCR por lhe confiar a direção do conjunto, afirmando que sem o apoio do prefeito João Paulo e secretário de Cultura, Roberto Peixe, não seria possível fazer música com dignidade. Quero prestar minha homenagem a toda minha equipe e agradecer pela cumplicidade. E lógico, não posso esquecer do público, tão fiel a essa Banda, comemorou Nenéu.

João Roberto Peixe lembrou do primeiro concerto da BSCR a que assistiu. A entrada de Nenéu no palco, sendo ovacionado de pé pelo público me deixou emocionado. Peixe revelou que a sensibilidade do prefeito João Paulo em dar incentivos à Banda foi decisiva para o seu processo evolutivo. O prefeito não só proporcionou ao grupo a isonomia salarial, como a sua requalificação artística, afirmou.

O concerto da Banda Sinfônica começou com os acordes afinadíssimos dos 70 músicos em extrema harmonia com os gestos simples e precisos de Nenéu Liberalquino, executando o arranjo de Hudson Nogueira da música Leão do Norte, de Lenine e Paulo César Pinheiro. Em seguida, foi apresentada a Suíte Pernambucana de Bolso, composição e arranjo do maestro Duda; um medley em tonalidades maiores de Luiz Gonzaga, com arranjos do próprio Nenéu; o vencedor da categoria Maracatu do Concurso de Música Carnavalesca Pernambucana 2008-2009, Eco-Capibaribe, de Deusdete Ferro, arranjo de Ademir Araújo e participação da cantora Ângela Luz; Bebê, do mago dos teclados, Hermeto Pacoal, com arranjo de Nilson Lopes; e o clássico de Pixinguinha e Benedito Lacerda, Segura ele, com arranjo de Spok.

Na segunda parte do concerto, foi a vez de Capiba ser lembrado com a bela Recife, Cidade Lendária, com arranjo de Clóvis Pereira e solo de trompete de Fabiano Costa. Tom Jobim foi homenageado com um medley arranjado por Nilson Lopes com participação de Edson Rodrigues (sax tenor) e Fabinho Costa (trompete); Gozaga Leal interpretou Assum Branco de José Miguel Wisnick e arranjo de Hudson Nogueira; por fim, a BSCR interpretou o grande compositor brasileiro, Carlos Gomes, com o arranjo de Hebert L. Clarke da célebre Abertura da Ópera O Guarani.

Também prestigiaram à comemoração do cinqüentenário da BSCR a secretária de Saúde do Recife, Tereza Campos, o assessor especial da Fundação de Cultura Cidade do Recife (FCCR), Fernando Costa, representando o presidente Fernando Duarte, a assessora executiva da Secretaria de Cultura, Maria do Céu, a presidente da Companhia Editora de Pernambuco (CEPE), Leda Alves, entre outros. O público foi presenteado com 25 CDs, por intermédio de sorteio da numeração de ingressos.

O CD da Banda Sinfônica já está disponível para download. (Confira ao lado)

Matérias Relacionadas
- Centro de Formação em Artes Visuais lança livro
- Cantora traz romantismo para o Tecendo Arte desta sexta
- 13º Festival Internacional de Dança do Recife começa nesta quinta
- Porto das letras lança coletânea de cordel
- OSR promove estréia mundial de concerto italiano
- Público participa do espetáculo “Walking Poems Recife”
- Arte e educação são temas de livro lançado no CFAV
- Orquestra Sinfônica faz primeira audição mundial
- Terça Negra abre festivais de Igexá e Batalha de MCs
- Barreto Júnior apresenta A menina do canto livre
- Escola de Frevo abre inscrições para oficina de biscuit
- 50 anos de sucessos e vitórias marcam a história da BSCR
- Banda Sinfônica do Recife comemora 50 anos com estréia em disco
- Festival de Ciranda do Recife é encerrado com festa no Pátio
- Programação do XIII Festival Internacional de Dança do Recife é divulgada
- Concurso de Agremiações Carnavalescas 2009 inscreve até sexta
- PCR anuncia 13º Festival Internacional de Dança em coletiva
- Workshop Hello!Earth conquista espaço fixo
- Pátio apresenta encerramento do II Festival de Ciranda do Recife
- Concurso de Agremiações Carnavalescas 2009 inscreve até sexta


Enviar    Imprimir