Atalhos de navegação:

    Direitos Humanos e Segurança Cidadã     PCR será parceira do Núcleo de Combate às Opressões da UFPE Diário Oficial Agenda do Prefeito Fale conosco

 

RSS lista de noticias do grupo O que é isso?

Direitos Humanos e Segurança Cidadã

PCR SERÁ PARCEIRA DO NÚCLEO DE COMBATE ÀS OPRESSÕES DA UFPE

Lú Streithorst
Local prevê a criação de debates contra opressões
Local prevê a criação de debates contra opressões

Com o intuito de integrar estudantes universitários, a Instituição de Ensino Superior, o poder público e a população em geral, dentro de uma perspectiva coletiva de debates e discussões que gerem medidas efetivas no combate aos preconceitos de ordem sexual, de gênero, cor ou raça, está sendo criado o Núcleo de Combate às Opressões da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O primeiro passo foi dado na tarde desta quarta-feira (14), em reunião realizada no Diretório Acadêmico do Curso de Letras, no 1º andar do Centro de Artes e Comunicação (CAC), que fica no Campus da UFPE, na Cidade Universitária. Participaram da reunião a Gerência de Livre Orientação Sexual (Glos), que é ligada à Secretaria de Direitos Humanos e Segurança Cidadã do Recife, estudantes e representantes de entidades envolvidas com a temática.

O Núcleo de Combate às Opressões terá como objetivo promover uma contínua reflexão e discussão acerca das questões da diversidade sexual, de gênero, cor, raça ou etnia no ambiente acadêmico, assegurando o respeito às diferenças. O estudante universitário e integrante do Núcleo de Cidadania Homossexual da UFPE, Airles Ribeiro, destacou que é importante suscitar tais questionamentos. “Temos a intenção de quebrar esses preconceitos em relação às diferenças. E pretendemos trabalhar junto com os alunos e professores essas questões, trazendo esse debate pra Universidade, que é extremamente plural, mas esquece de debater a sua pluralidade.”, explicou Airles. Para isso, estão previstas atividades sócio-educativas e culturais, como a criação de grupos de estudos, mapeamento das pesquisas e artigos realizados por estudantes da UFPE e que abordem as temáticas de interesse do grupo, além de participações em seminários e em mostras de vídeos, promovendo um amplo debate entre alunos, professores e universidade, trabalhando por meio de uma rede de parceiros que irá atuar de forma integrada.

Entre esses parceiros, está a Prefeitura do Recife. Adrian Passos, da Gerência de Livre Orientação Sexual, confirmou a participação da PCR neste processo e definiu que essa é uma prioridade da gestão, defendendo uma ampliação da participação da Secretaria de Direitos Humanos, aglutinando todas as suas diretorias e gerências nas atividades do Núcleo. “Vamos trabalhar em cima dessa questão, levando à secretária essa demanda, pra que possamos intervir nesse processo. Vamos conversar com a secretária de Direitos Humanos e Segurança Cidadã, Amparo Araújo, pra definirmos sobre como vai funcionar isso, seja com seminários, palestras mensais ou oficinas, tanto para os professores e alunos da universidade, como para a comunidade como um todo, pra fazermos um trabalho integrado”, explicou Adrian.

E este é outro grande desejo do Núcleo: que as discussões ultrapassem os limites da UFPE e cheguem até a população. Uma das ações efetivas dentro desse objetivo é promover uma Mostra Itinerante de Vídeo, a começar pelo bairro da Várzea, que fica no entorno da UFPE, onde serão exibidas e debatidas produções que tratam da temática da diversidade, promovendo um intercâmbio entre sociedade e instituição acadêmica. “A idéia é promover essa integração entre a comunidade e a Universidade, pois ela não é um espaço apenas dos alunos e dos professores, mas um espaço de toda a sociedade”, explicou Airles.

Matérias Relacionadas
- Núcleo de Opressões contará com representantes da PCR
- Idosos prestigiam espetáculo de dança no Santa Isabel
- PCR leva idosos para espetáculo de dança no Teatro Santa Isabel
- Secretária de Direitos Humanos recebe representante da ONU
- Amparo Araújo é a nova secretária de Direitos Humanos
- Moradores de Santo Amaro participam de oficina de adereços natalinos
- Projeto comemora 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos
- Identidade Cidadã chega ao bairro do Ibura
- I Marcha dos Direitos Humanos do Recife movimenta ruas do centro
- Fórum discute Desafios e Avanços nos 60 anos de Direitos Humanos
- Identidade Cidadã agora tem atendimento fixo na PCR
- Caminhada marca aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos
- Projeto Identidade Cidadã atendeu moradores do Córrego da Areia
- Doulas voluntárias são homenageadas pela PCR
- Identidade Cidadã chega ao Córrego da Areia
- Cartilha de enfrentamento à violência contra idosos é lançada pela Prefeitura
- Voluntários da PCR visitam o Jardim Botânico
- PCR lança cartilha sobre os Direitos da Pessoa Idosa
- Prefeitura promove debate sobre Direitos Humanos com jovens
- Presidente Lula lança Projeto Território de Paz em Santo Amaro


Enviar    Imprimir